“Como trocar a resistência do chuveiro”… Certamente, você já digitou algo parecido com isso na barra de pesquisas do seu navegador! E não é para menos: os vídeos tutoriais são uma verdadeira febre entre os usuários no mundo inteiro. 

Em tempos de heavy users de tecnologia digital, podemos encontrar o passo a passo de quase tudo na rede. 

Nesta postagem, separamos uma série de dicas para ajudá-lo a criar vídeos tutoriais para . Está na hora de você também aproveitar as vantagens deste formato e aprimorar sua estratégia de vídeo marketing.

Você vai ler sobre:

  • As vantagens do uso de vídeos tutoriais em estratégia de Marketing Digital;
  • Dicas para produzir vídeos tutoriais incríveis;
  • Quando contar com a ajuda de uma produtora para criar vídeos tutoriais.

O grande potencial dos vídeos tutoriais no Inbound Marketing

É seguro que o potencial dos vídeos para atrair leads e instruir clientes pode ser extraído de diferentes maneiras. Rapidamente, algumas formas possíveis para trabalhar com vídeo são:

  • Vídeos explicativos;
  • Vídeos tutoriais;
  • Webinars;
  • Vídeos de depoimentos;
  • Video Motion;
  • Animação;
  • Live Streams;

E muitos outros! Enfim, existem vídeos para todo tipo de propósito. Seja para o topo ou para o fundo do funil de vendas ou até como estratégia de sucesso para o cliente, o formato está lá e é o favorito do momento. 

Há vários motivos para a preferência pelos vídeos e seus diferentes formatos:

  • Vídeos são conteúdos fáceis de entender:

Pense rápido: é mais fácil compreender informações em um longo texto ou em um vídeo curto com imagens explicativas? 

Estudos mostram que assimilamos melhor a informação através de recursos audiovisuais. Logo, o mais comum é que as pessoas prefiram a segunda opção. 

Dessa maneira, é possível transmitir um grande volume de informação em pouco tempo. Assim você facilita a compreensão do lead e garante que sua mensagem será entregue 100%.

  • Vídeos são conteúdos fáceis de consumir:

É muito mais difícil parar para ler um texto na correria do dia a dia. Textos exigem tempo: é preciso entrar em estado de concentração, encontrar um ambiente minimamente silencioso e focar completamente a sua atenção. 

Com os vídeos isso não acontece. Especialmente hoje, que smartphones fazem parte do cotidiano de quase todo mundo, esse formato se mostra ainda mais amigável. Como a informação é passada de modo mais eficiente, a duração do vídeo também costuma ser menor.

Isso quer dizer que são alguns minutos que cabem no seu dia. E o melhor, podem ser assistidos em uma fila de espera, no caminho para o trabalho, no trânsito com o carro parado… Basta ter o celular em mãos!

Além disso, há o dinamismo da imagem em movimento e a possibilidade de trabalhar com cores e design interessante. Isso tudo torna os conteúdos em vídeo mais engajantes e chamativos – garantindo a atenção do lead por mais tempo.

  • Vídeos são conteúdos fáceis de compartilhar:

Devido à preferência por esse tipo de conteúdo, todas as redes sociais são otimizadas para o compartilhamento de vídeos. Não é à toa que os vídeos em redes sociais tem 12x mais compartilhamentos do que textos combinados com imagens.

Por meio de vídeos fica mais fácil causar emoções no lead e gerar efeitos estéticos mais complexos. Isso engaja o usuário e faz com que ele se sinta motivado a compartilhar o vídeo em suas redes e, de quebra, auxiliá-lo a divulgar sua marca.

Diante dessa contextualização sobre a relevância dos vídeos em geral, focaremos agora no formato de vídeos tutoriais. Eles apresentam todas as vantagens listadas acima e mais! 

São conteúdos cada vez mais populares devido ao espírito ”faça você mesmo” que tomou conta da nossa geração.

Isso sem contar que vídeos tutoriais auxiliam os clientes no uso correto de sua solução. Desse modo, eles funcionam também como uma forma eficiente de garantir o sucesso do consumidor e criar experiências positivas.

Então, sem mais rodeios, vamos às nossas dicas práticas para criar vídeos tutoriais e inserí-los em sua produção de conteúdo.

5 dicas dicas para produzir vídeos tutoriais para sua estratégia de marketing

Os vídeos tutoriais são conteúdos muito didáticos e simples de compreender.

É uma forma rápida de tirar dúvidas ou resolver um problema – tudo sem ter de perder tempo lendo artigos complexos ou mesmo manuais de instrução. 

Esse comportamento de buscar soluções rápidas e pontuais já ganhou até um nome próprio. Especialistas em comportamento de consumidores no ambiente digital chamam-no de micro-momento. Ou seja, o momento onde um usuário busca questões muito específicas para resolver problemas práticos do dia-a-dia.

São momentos em que o lead quer saber uma informação específica, um dado, ou mesmo como fazer algo por conta própria: que é onde entra a grande relevância dos tutoriais.

Esses vídeos são capazes de entregar um conteúdo breve e objetivo para satisfazer esse desejo de conhecimento do usuário.

Além disso, conta-se com a facilidade de conseguir assistir ou escutar o tutorial ao mesmo tempo em que você executa o que está aprendendo. 

Nesse sentido, os vídeos tutoriais são muito mais adequados para os adeptos do faça você mesmo, pois são um tipo conteúdo que tem completa sinergia com a prática.

Além disso, os vídeos tutoriais são muito versáteis. Eles podem ser voltados para a atração, mostrando como resolver alguma dor inicial que o lead esteja pesquisando na internet. Mas também servem para o fundo, quando o lead precisa ver uma demonstração ou manual de uso da solução que pretende comprar.

Alguns exemplos de vídeos tutoriais são: 

  • Tutoriais de maquiagem;
  • Tutoriais de uso de uma solução;
  • Tutoriais de culinária;
  • Tutoriais de artesanato;
  • Tutoriais com hacks para o dia a dia. 

Seja qual for o tipo escolhido por você, basta seguir estes 5 passos para fazer vídeos tutoriais perfeitos e alinhados com sua estratégia de Marketing. Vamos lá?

1. Escolher o tema que será abordado no tutorial

Naturalmente, o primeiro passo é o mesmo para a produção de qualquer outro tipo de conteúdo. Se você vai falar sobre algo, primeiro precisa decidir sobre o que falará.

Nesse momento, precisará de toda a informação que tem sobre seu público. Volte às suas personas e avalie o que elas desejam consumir. Considere fatores como:

  • Idade;
  • Cargo;
  • Interesses pessoais;
  • Localidade;
  • Dores mais comuns.

 

São informações como estas que apontarão para a temática mais importante no momento. É de extrema importância que o tema seja relevante – caso contrário o conteúdo não terá o efeito esperado e não será capaz de engajar os leads.

Por fim, quando tiver definido as temáticas, pesquise e estude profundamente sobre o assunto. Você precisa ser um verdadeiro especialista no tema para que o conteúdo tenha valor. 

Poucos erros descredibilizam mais uma empresa do que passar uma informação errada ou superficial! 

Surpreenda seu lead com uma visão única acerca do tópico e com informações novas. Desse modo, ele será verdadeiramente tocado, confiará na empresa e sentirá vontade de compartilhar seu conteúdo com parceiros e amigos. 

2. Desenvolver um roteiro com tudo que será apresentado no tutorial

O segundo passo é desenvolver o roteiro para a criação dos vídeos tutoriais. Nesse momento, é  importante que você já tenha decidido qual o tipo de tutorial que você deseja criar.

Este assunto é tão importante que resolvemos dedicar uma seção inteira do texto para ele. Então, se essa for sua dúvida, guarde-a um pouquinho que logo teremos alguns exemplos para você se inspirar! 

O importante agora é ter consciência de que improvisar o material não é uma boa ideia. Claro, salvo raras exceções de pessoas absolutamente comunicativas e que dominam tanto o assunto, quanto a linguagem audiovisual com maestria. 

Por segurança (especialmente se você estiver começando a produzir vídeos agora), monte roteiros para cada peça de conteúdo.

O roteiro é um documento que serve para guiar toda a produção do vídeo tutorial. Nele estão especificadas quais são as necessidades técnicas:

  • Tipo de câmera;
  • Número de atores;
  • Técnicas de animação.

E qualquer outra que o material demande. Além disso, também é nesse documento que estará o texto a ser falado no tutorial – bem como a ordem de cada acontecimento no vídeo.

Lembre-se sempre de criar roteiros com início, meio e fim:

  1. Um momento inicial voltado para a apresentação do tema que será desenvolvido;
  2. O desenvolvimento contendo o modo como essa temática será revelada para o espectador; 
  3. Uma conclusão resolvendo o assunto e apresentando o produto/empresa – caso seja um vídeo de fundo de funil.

Você pode optar pelo modelo de script ou storyboards – vai da preferência de cada profissional da área.

3.Garantir as necessidades técnicas para a gravação

Trabalhar com audiovisual exige investimento. Se a sua empresa não possui estrutura para a produção desse tipo de material, talvez seja interessante considerar uma produtora especializada. 

De todo modo, caso esteja disposto a arcar com os custos, faça um levantamento detalhado de todas as necessidades técnicas.

Primeiramente, avalie quanto equipamento de audiovisual será necessário. 

Considere adquirir itens como:

  • Microfone de qualidade para captar som com clareza e sem ruídos;
  • Câmeras de qualidade para captar imagens com boa definição;
  • Objetos e produtos que venham a ser utilizados durante os vídeos tutoriais;
  • Equipamento de iluminação para garantir a qualidade da gravação;
  • Custo das licenças de softwares próprios para produção, edição e manipulação de som e imagem.

Depois disso é hora de pensar nos custos com equipe:

  • Custo do cachê dos atores que participarão da gravação;
  • Custo do tempo do operador de câmera que gravará o material;
  • Custo do serviço dos animadores;
  • Custo de serviço dos editores e responsáveis pela pós-produção.

Por fim, entram os custos ligados à locação onde acontecerá a gravação:

  • Custo de aluguel do espaço onde ocorrerá a gravação;
  • Custo de deslocamento da equipe até o local para a produção;

 

É claro que muitos destes custos podem ser eliminados a partir de parcerias, acúmulo de funções ou permutas. 

Contudo, o ideal é sempre considerar trabalhar com profissionais especializados em cada função. Assim você terá a certeza de produzir vídeos tutoriais satisfatórios e de qualidade.

4. Ensaiar o roteiro antes da gravação

Essa dica é mais voltada para quem escolhe trabalhar com formatos onde há atores falando com o público. Entretanto, isso não quer dizer que outros formatos também não precisem de alguns testes antes de fazer para valer.

No caso das produções envolvendo a fala de um ou mais atores com o público, faça dinâmicas de ensaio próprias do cinema e do teatro. Junte os atores e leia o texto junto deles. 

Encaminhe o material com antecedência para que eles também possam fazer esse trabalho individualmente – assim, aprende-se o texto e ganha-se naturalidade na hora de falar diante das câmeras.

Quando estiver tudo decorado, faça algumas passagens do início ao fim para pegar o ritmo antes de gravar. Nesse ensaio, você poderá também ter dimensão de quanto tempo terá o material pronto e escolher fazer eventuais cortes ou outras alterações. 

Já no caso dos vídeos tutoriais que não precisam de atores, é bom fazer alguns esboços e versões de teste do projeto antes de dar o acabamento. Assim, você têm uma ideia do resultado final e também têm tempo para fazer correções.

Outro caso comum é o uso de narradores em off (uma voz que não aparece na cena). Mesmo nessa modalidade o ensaio é importante. Portanto, grave a narração de diferentes formas para ver qual fica mais interessante antes de optar pela versão definitiva.

O sucesso de qualquer resultado audiovisual está diretamente ligado à quantidade de esforço dedicado aos ensaios. 

Quanto mais você puder praticar, mais perfeitos os vídeos tutoriais ficarão! 

5. Pós-produção: editar e distribuir o material produzido

Por fim, os últimos passos são aqueles ligados à pós-produção do material. Especificamente, é o momento da edição para depois lançar os vídeos tutoriais nos canais escolhidos.

A edição é o momento de colocar a cereja no topo do bolo. Muito defeitos da gravação podem ser resolvidos nessa etapa. Bem como os acertos também podem ser especialmente valorizados para aumentar a qualidade do vídeo.

Durante a edição, costuma-se acertar as seguintes questões:

  • Inserção de trilhas sonoras para gerar o efeito desejado;
  • Trabalhar as cores da imagem para deixar o vídeo visualmente atraente;
  • Tratamento do áudio para garantir que tudo esteja audível e equalizado;
  • Seleção de cenas para filtrar o melhor de tudo aquilo que foi gravado.
  • Cortes para eliminar defeitos como: atrasos na fala, vícios de linguagem, vícios corporais, barulho externo, etc.

 

Além disso, a finalização também é o momento para acrescentar legendas, efeitos visuais e a thumbnail dos vídeos tutoriais.

Tudo pronto? Hora de soltar seus filhos no mundo! Escolha os melhores canais para divulgação e dispare. Os canais devem sempre serem escolhidos com base naqueles que são mais relevantes para suas personas. 

Os horários de lançamento do material também devem levar em conta os hábitos e atividades do lead. Se você lançar o material em um momento que suas personas não costumam estar nas redes, seu vídeo será soterrado pelo flood da timeline e não será visto!

Portanto, não esqueça de trabalhar muito bem o SEO para vídeos a fim de garantir que seus vídeos tutoriais sejam encontrados e consumidos pelo público-alvo.

Para não ficar só na teoria, temos alguns exemplos e sugestões de modelos de vídeos tutoriais para inspirar você. Dê uma olhada!

Inspire-se: 3 tipos de vídeos tutoriais para você experimentar

Para quem está começando inspiração é fundamental. E para quem já está no meio do caminho e deseja dar um novo frescor à estratégia, conhecer outras alternativas também é revigorante. 

O fato é que sua estratégia de Marketing Digital precisa estar sempre evoluindo e, por isso, você está aqui.

Pensando nisso, selecionamos três tipos de vídeos tutoriais que você pode utilizar em sua estratégia de marketing. Esperamos que eles sirvam de inspiração e possam complementar suas atuais práticas de sucesso. 

Experimente-os:

1.Tutorial visual

Os vídeos tutoriais visuais são semelhantes às animações ou motion graphics. São vídeos que não contam com nenhum ator falando diretamente com o público. Para comunicar a informação são utilizados principalmente narração em off e animações simples para ilustrar o que está sendo dito.

É uma modalidade excelente para explicações simples e também para quem está com um orçamento mais apertado para investir agora. 

Basta um computador equipado dos softwares e ferramentas adequados e um animador para executar a produção dos vídeos. O segredo está em criar uma visualidade agradável e acrescentar trilha sonora e narrativas envolventes. 

O conteúdo deve ser simples e compreensível para sanar as dúvidas que o lead possa ter.

Como exemplo trouxemos o vídeo tutorial de um aplicativo de táxis corporativos chamado ECX. Nele, podemos ver claramente como o formato é usado para transmitir a identidade da empresa – ao mesmo tempo em que ensina aos taxistas como utilizar o aplicativo detalhadamente.


2. Vídeo-aula:

A vídeo-aula não é um formato tão novo assim. Afinal, o telecurso ajudou muitos estudantes entre 1968 e 2014. Por isso. é muito provável que você já tenha tido algum tipo de contato com esse formato.

Entretanto, igual a tudo no mundo, os vídeos tutoriais em formato de vídeo-aula também evoluíram. Hoje, muitas delas estão disponíveis gratuitamente no YouTube e ajudam milhares de curiosos todos os dias.

Geralmente, na vídeo-aula temos um ator/professor que ensinará determinado conteúdo em formato de monólogo. Porém, é importante sempre deixar interações com o espectador “soltas no ar”. Assim, você engaja mais o seu público e convida-o a pensar junto do professor sobre os temas abordados.

Veja abaixo o exemplo de uma vídeo-aula de português do professor Noslem:

 

Temos também uma postagem só sobre este formato aqui no blog. Leia também para não fazer feio na hora de montar a sua!

3.Passo a passo:

Os vídeos tutoriais de passo a passo estão entre os mais populares na rede. Eles possuem uma linguagem dinâmica e moderna para prender a atenção do usuário.

Geralmente, esse tipo de tutorial aborda assuntos diversos e pode ser mais ou menos complexo. A grande aposta está em manter um ritmo de fala interessante, trilha sonora envolvente e uma boa edição!

É uma modalidade muito utilizada por marcas que querem se aproximar do público de modo mais natural. Para tanto, é comum que a linguagem usada seja informal e direta – a fim de realmente criar rapport com o lead, como se em uma conversa. 

Entretanto, também é comum vermos tutoriais passo a passo sem fala ou narração, apenas com imagens e texto. Tal como o exemplo abaixo, do famoso canal Tastemade.

Quem é que nunca ficou babando em uma dessas receitas ao ver um dos vídeos nas redes sociais? Então, confira só essa receita de pão de alho e, de quebra, já entenda melhor sobre o que estamos falando:

 

E aí, preparado(a) para acrescentar os vídeos tutoriais na sua estratégia de marketing? Esperamos que sim, pois os resultados são incríveis! 

Lançamos o desafio: experimente agregar esse formato com um vídeo, inicialmente. Após lançá-lo, avalie o seu sucesso e calcule o ROI da estratégia de Vídeo Marketing. 

Se der certo, basta replicar o que você aprendeu e aproveitar o máximo disso. Se não funcionar como o esperado, não desista. Hora de reavaliar o que foi feito, aprender com os erros e melhorar na próxima! 

Em todo caso, sempre existirão as produtoras de conteúdo para te dar aquela força! Contratar uma agência é uma forma eficaz de assegurar a qualidade do produto final – sem ter de fazer todo o investimento necessário para produzir um audiovisual! 

Como vimos anteriormente, algo perfeito pode sair mais caro do que o esperado! Logo, certamente investir em uma produtora terceirizada vale muito a pena. 

Em outras palavras, a decisão está em suas mãos e nós estamos sempre aqui para ajudá-lo no que for preciso! Então, qual será o primeiro dos seus vídeos tutoriais? Comente nas redes que estamos curiosos para saber!

E, se quiser aprender ainda mais sobre como gerar resultados incríveis com Vídeo Marketing, aqui vai um presentinho: preparamos um eBook gratuito com tudo que você precisa saber sobre o uso de vídeos no Marketing digital!

Clique aqui e baixe agora mesmo! 

Até mais! 😉

Contato