Estratégia

Pillar Page: o que é e como vai impulsionar seu tráfego orgânico

página pilar

tempo de leitura 9 MIN

compartilhe

Os mecanismos de busca conseguem dar respostas cada vez mais precisas às perguntas feitas pelas pessoas. Isso ocorre porque os buscadores estão inteligentes a ponto de entender a intenção do usuário no momento em que faz a pesquisa. 

Com o objetivo de trazer conteúdos orientados de acordo com as buscas dos visitantes, a Pillar Page é parte de uma estratégia SEO essencial para quem almeja alcançar autoridade sobre algum tópico nos buscadores e impulsionar o tráfego de um site

Confira neste conteúdo como essa tática pode te ajudar a otimizar os resultados do seu negócio na Internet!

O que é uma Pillar Page? 

A Pillar Page é uma  página de conteúdo geralmente extensa, que busca oferecer ao leitor uma abordagem completa sobre um determinado assunto. O termo foi criado pela HubSpot em 2017 e está transformando a forma de produzir conteúdos na Internet desde então.

O objetivo da Pillar Page é oferecer ao leitor um texto rico de informações e de alta qualidade – ou seja, responder a tudo aquilo que ele possa estar buscando sobre determinado assunto. Ao acessar uma página pilar, o leitor deve conseguir sanar todas as suas dúvidas e aprofundar conhecimentos graças a variedade de subtópicos presentes no conteúdo.

Do ponto de vista de estratégia, a página pilar tem como potenciais resultados alcançar os primeiros resultados de busca, tornar o seu conteúdo referência para outros sites e, consequentemente, fazer com o que o Google reconheça a autoridade da sua página. Ou seja, o principal ganho é o aumento do PageRank. 

Um post pilar geralmente vai ser produzido a partir de uma “Head ou Middle Tail”, ou seja, uma palavra-chave mais ampla e até mais genérica.

Por exemplo: “vídeo marketing” funciona melhor para uma Pillar Page, ao contrário de “como fazer vídeo marketing”, por permitir uma abordagem mais ampla mas, ao mesmo tempo não tão ampla que não possa contemplar o essencial em uma única página – como seria o caso de selecionarmos apenas a palavra-chave “marketing”.

Qual a diferença entre uma Pillar Page de uma postagem de blog comum?

A principal diferença entre uma Pillar Page e uma postagem de blog comum é que, enquanto a página Pilar deve apresentar o máximo de perguntas feitas pelo público sobre o assunto escolhido, um blog post comum, geralmente, aborda somente alguns enfoques sobre o tema. 

A Pillar Page proporciona uma abordagem geral do assunto, mas também oferece um aprofundamento do conteúdo por meio dos subtópicos desenvolvidos. Já a postagem de um blog, possui uma abordagem mais reduzida sobre o assunto.

Entenda o conceito de Topic Clusters

As Pillar Pages vivem dentro de uma estratégia de SEO chamada de Topic Clusters e são nada menos do que o conteúdo foco desta abordagem. 

Topic Clusters são agrupamentos de conteúdos que devem ser organizados em torno de um tópico principal. A técnica consiste em agrupar conjuntos de conteúdos específicos que correspondem a um principal.

Para exemplificar: 

Suponha que você tenha um site sobre Marketing. Há diversos tópicos que podem ser abordados sobre esse assunto. Marketing Tradicional, Marketing Institucional e Marketing Digital são só alguns deles. 

Se você criar uma Pillar Page para o termo Marketing Digital, será preciso desenvolver tópicos como SEO, E-mail Marketing, Redes sociais e por aí vai. Este conjunto composto pela página pilar e pelos subtópicos é considerado um Topic Cluster

Em resumo, a estrutura de conteúdos e links de um Topic Cluster auxilia os mecanismos de busca a compreenderem melhor a relação entre os conteúdos do seu site. E verificar se os materiais publicados são relevantes, de alta qualidade e se são úteis ao usuário.  

Como funcionam os Topic Clusters?

A estrutura de um Topic Cluster possui três elementos: o post pilar, clusters e linkagem interna. A combinação desses componentes vai fortalecer a sua estratégia de SEO. Quer saber como? Continue a leitura e entenda como funciona cada um desses elementos!

Post Pilar

O post pilar é o conteúdo central do Topic Cluster. Geralmente este post é feito a partir de uma palavra-chave head tail, que possui uma concorrência acirrada nos mecanismos de busca. 

Desse modo, o conteúdo de um post pilar é mais abrangente. Contudo, o texto deve ser relevante e atender os objetivos da sua empresa. Um bom post pilar é organizado em subtópicos e contém explicações brevemente detalhadas sobre os temas relacionados à palavra-chave principal. 

Clusters

Os clusters são conteúdos relacionados ao post pilar. Ou seja, temas que foram abordados brevemente na Pillar Page, e que serão melhor aprofundados em outras páginas do site. 

Dessa forma, os clusters devem ser mais específicos ao explorar um assunto. Para o usuário acessar este post é preciso que a Pillar Page faça referência a ele por meio de um link interno. 

Linkagem Interna

A linkagem interna em uma Pillar Page é essencial para mostrar ao mecanismo de busca de que forma as páginas do seu site estão organizadas

Dessa forma, o link interno é elemento fundamental para a execução de uma boa estratégia SEO. Os links internos criam uma rede de conteúdo em torno do material principal do seu portal, para conectar as postagens e sinalizar a importância da página central. 

Em suma, o trabalho de linkagem interna do seu post principal vai potencializar a sua página e construir autoridade sobre tópicos relacionados ao seu negócio.

Veja quais são as vantagens das Pillar Pages 

Por meio do planejamento de um conteúdo de qualidade, a estratégia Pillar Page está contribuindo para a produção de materiais mais relevantes e informativos. Essa tática traz uma série de vantagens para empresas que estão buscando fortalecer sua presença on-line e conquistar autoridade sobre um tema

Confira 4 vantagens das Pillar Pages:

Organização 

Um site que é organizado a partir da técnica Pillar Page possui uma estrutura coerente e páginas relacionadas entre si. Desse modo, é bem mais provável que os leitores fiquem mais tempo em seu site. 

Geração de leads 

A geração de leads é uma consequência de uma Pillar Page planejada de forma eficiente. Uma boa estrutura do conteúdo de uma página pilar é fundamental para que o leitor permaneça no seu blog e interaja com CTAs e materiais ricos. 

Integração entre conteúdos 

A interligação entre os conteúdos é característica essencial de uma Pillar Page. Essa integração é útil para os leitores do blog, pois permite que os visitantes aprofundem seus conhecimentos sobre um determinado assunto de modo acessível. 

Para os mecanismos de busca, essa interligação de conteúdos indica que a página principal de um blog é um bom lugar para o visitante aprender sobre um tópico. Em suma, a tática permite que você direcione melhor o leitor em sua jornada de compra ou de conhecimento. 

Otimização do ranqueamento de palavras-chave

As Pillar Pages oferecem ao leitor postagens mais longas e abrangentes. Dessa forma, é possível ranquear palavras-chave específicas dentro de um só post. Além disso, conteúdos ricos e atrativos tendem a ranquear melhor

Dicas para criar uma Pillar Page que funciona

Leia abaixo três aspectos importantes da criação e estruturação de uma página pilar:

Identifique as perguntas dos usuários

Quais são as dúvidas dos seus usuários? Identifique todas as perguntas que as pessoas fazem sobre o assunto da Pillar Page que você vai planejar. São essas perguntas que vão compor os tópicos da postagem na página principal.

O ideal é que a página pilar mescle palavras-chave relacionadas ao que é relevante para o seu negócio, com outros tópicos também conectados que possuem um bom volume de buscas.

Tamanho ideal de uma Pillar Page 

Não há regras exatas que indiquem o tamanho ideal de uma Pillar Page. Contudo, uma página pilar que consegue trazer de forma abrangente um determinado assunto vai apresentar, em média, 5.000 palavras. 

Mas, não se engane. Não é só o tamanho de um conteúdo que o caracteriza como pilar. Textos fluidos com uma estrutura visualmente agradável são mais relevantes para os mecanismos de busca. 

Organize sua Pillar Page 

Apesar de amplo, o texto de uma Pillar Page precisa estar organizado. Evite grandes blocos de texto e aposte nas divisões entre subtópicos. Dessa forma, você estará otimizando a experiência do usuário. 

Uma ótima forma de situar o leitor no texto é colocar um índice que apresente os tópicos do conteúdo. 

Consiga backlinks 

O backlink é um link que leva um usuário de um site para o outro. E para que o site alcance um bom ranqueamento no Google, é importante que outros domínios citem a sua página

Quando seu site torna-se referência em um assunto, compradores ideais e até outras empresas passam a reconhecer a autoridade do seu site no tópico. Por ser amplo e completo, o conteúdo pilar possui boas possibilidades de ser considerado como referência e ser linkado por outros sites e blogs.

Mas não só de backlinks passivos vive a Pillar Page. Você também pode utilizar táticas de prospecção de backlinks, ou seja, pesquisar ativamente boas oportunidades para emplacar um link para sua página pillar e torná-la mais competitiva.

Mas, cuidado! A compra de links ou trocas que desconsiderem a experiência do usuário podem gerar punição do Google!

Use variações semânticas 

Uma pergunta feita por um usuário em buscadores pode ser escrita de variadas maneiras. O usuário pode usar palavras que não correspondem exatamente ao termo-chave do conteúdo que ele procura. É aí que entra a função da busca semântica.

No Google, a finalidade da busca semântica é apresentar precisão nos resultados no buscador. Isso ocorre porque esse sistema de busca utiliza dados como localização, variação das palavras e sinônimos para entender a intenção do pesquisador. 

Logo, não deixe de inserir variações semânticas de sua palavra-chave foco ao longo de todo o conteúdo. 

Confira exemplos de Pillar Pages

Cloud Elements

A Cloud Elements é uma plataforma de integração de API que ajuda negócios a se conectarem com softwares. A empresa possui diversas páginas pilares em seu site.

Uma dessas Pillar Pages oferece um Guia definitivo para a integração de API. Ao entrar na página, o leitor tem a opção de baixar todo o conteúdo. Para isso, é preciso que o usuário preencha o seu e-mail. Dessa forma a empresa já consegue capturar, logo no início, uma informação de contato do leitor através de um CTA (call to action).  

Todo o conteúdo é facilmente visualizado por meio de um índice flutuante que fica na lateral do texto. Com esse recurso o usuário consegue acompanhar a jornada de aprendizado oferecida pelo conteúdo. 

O post contém links de postagens internas que expandem as explicações do guia. E nos subtópicos há um link de volta para a página principal do conteúdo.

De acordo com o HubSpost, após a estruturação deste conteúdo o Cloud Elements viu um aumento de 53% no tráfego de pesquisa orgânica em seu site

RD Station

Outro exemplo de Pillar Page, é a página sobre e-mail marketing da RD Station. Lá, a plataforma apresenta um estudo completo sobre tudo aquilo que é relacionado com essa estratégia.

Além de oferecer informações a respeito da maneira como um e-mail marketing é constituído, e suas nuances, a página expõe também quais são os formatos dessa ferramenta.

Para facilitar a vida de quem está lendo, a RD Station disponibilizou tópicos clicáveis, que direcionam o leitor ao assunto que lhe interessa.

Ainda, é válido ressaltar que essa página pilar está repleta de exemplos, imagens, infográficos e até mesmo um glossário de termos utilizados. Tudo isso, com o intuito de permitir uma melhor compreensão do assunto e fornecer informações completas para o usuário.

HubSpot

A Pillar Page do HubSpot oferece um conteúdo amplo sobre aplicativos de produtividade. A plataforma identificou que esse é um dos assuntos mais procurados pelas personas da empresa

Além de links internos que encaminham o leitor para outros conteúdos ainda mais aprofundados, o “Guia definitivo para aplicativos de produtividade” também utiliza um feed RSS na parte inferior da página para indicar artigos relacionados.

No começo da página pilar há um guia que mostra ao leitor os 6 tópicos em que o conteúdo está organizado. Assim, o visitante consegue acessar facilmente a resposta da dúvida que possui sobre o assunto. 

Bônus: siga atualizando sua página pilar

A Pillar Page já foi publicada? Muito bom! Agora continue otimizando a página. Sempre que produzir algum conteúdo relacionado, volte à página principal e integre o novo post com um link. Fique atento. A longo prazo, informações da página pilar podem precisar de atualização!

Aprofunde ainda mais seus conhecimentos sobre produção de conteúdo com o eBook “Produção de conteúdo muito além do ranking do Google”. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Gummy tratará seus dados pessoais para fins de moderação, resposta aos comentários, inclusive, para entrar em contato. Para mais informações sobre como utilizamos os seus dados, consulte a nossa Política de Privacidade.

sobre o autor

Autor Convidado

Veja também:

Mulher checando e-mails.
Campanha de e-mail marketing: 8 táticas para conseguir bons resultados
Pessoas reunidas na frente de papéis.
Estratégias avançadas de Marketing B2B: como impulsionar o sucesso da sua empresa
Analisando métricas de redes sociais.
Métricas de redes sociais essenciais para medir o desempenho de suas campanhas