Épico não é o conteúdo que transforma a leitura em uma verdadeira batalha. Até porque se ele não for interessante, será abandonado. 

Qualidade. Essa é uma palavra ou um adjetivo que ninguém pensa em descartar. Ao adquirir um novo produto, saborear uma refeição, apreciar um vinho ou até mesmo ouvir uma música o que se quer, independentemente do gosto ou estilo, é qualidade. 

Assim também acontece com o consumo de conteúdo. 

Mesmo tendo a perfeita noção do termo, nem sempre é fácil encontrar materiais de qualidade na internet. Mas, sabendo que o usuário não abre mão dela, que tal começar a pensar na produção de conteúdo épicos.

Vamos desmistificar a produção desse tipo de conteúdo e falar sobre como criá-los. Até porque conteúdo de qualidade ainda é diferente de conteúdo épico. Para se tornar um conteúdo épico, é preciso marcar, mudar a vida do usuário de alguma maneira.

É assim que acontece conosco: ao iniciar a leitura de uma conteúdo útil, escrito de forma memorável, paramos tudo o que estamos fazendo para ler, não é mesmo? Esse tipo de conteúdo é altamente impactante, altamente inspirador e, ao invés de gerar dúvidas, gera engajamento e autoridade para a marca. 

Neste post, você lerá sobre:

  • O que é conteúdo épico?
  • Os 8 ingredientes do conteúdo épico;
  • 9 dicas para a produção de conteúdos épicos. 

Como pensar a produção de conteúdos épicos?

 

Como uma pessoa ou marca pode firmar autoridade na internet?

É sempre por meio do conteúdo que ela produz. Apesar de publicar ideias memoráveis, muitas empresas ainda deixam dúvidas com os usuários. 

Logo, um conteúdo épico é um conteúdo muito bem otimizado em critérios SEO, e ao mesmo tempo, muito aprofundado para o leitor. Ele precisa resolver o problema do usuário, sanar suas dúvidas e demonstrar, de fato, preocupação com a audiência. E é possível criar esse tipo de conteúdo independentemente da área de atuação.

Você pode estar pensando que essa possibilidade é uma raridade apenas acessada ou concedida a algumas pessoas. Mas, isso não é verdade. A produção de conteúdos épicos não é apenas exclusividade de alguns.

Com dedicação, é possível alcançar o conteúdo dos sonhos. E, claro, trazê-lo para a realidade. 

Sabemos que ninguém dispensa o que é bom, o que dá esperança e resolve problemas – ou, então, que choca o mundo de forma muito positiva. Mas, como chegar nesse nível de qualidade?

 

Os 8 ingredientes do conteúdo épico

  1. Informação;
  2. Originalidade;
  3. Criatividade;
  4. Capacidade de oferecer soluções;
  5. Abordagem profunda;
  6. Argumentos consistentes;
  7. Possibilidade de inspirar;
  8. Apresentação do conteúdo. 

Parece simples? Na prática não é tão fácil assim, mas como já dissemos, não é impossível. 

Apesar de você utilizar os ingredientes acima, é bom ficar atento a algumas dicas de como produzir um conteúdo épico. 

Está preparado para chamar a atenção e atrair os usuários com a produção de conteúdos épicos?

9 dicas para produção de conteúdos épicos

1. Você precisa saber o que está dizendo

Parece óbvio, mas tem muita gente produzindo conteúdo desatualizado! 

Se tudo o que acontece está na internet, publicar conteúdo velho parece chover no molhado. Logo, ao produzir um conteúdo, informe-se. A leitura é a melhor aliada da escrita. 

Você realmente precisa saber o que está dizendo.  

2. Entregue solução, não dúvida

Quando uma pesquisa é feita no Google é porque o usuário tem dúvidas. 

Se ele procura a resposta é porque quer encontrar a solução. Então, se você produz conteúdo, obviamente não irá querer decepcioná-lo. Cumpra com aquilo que se propõe a fazer.

Isso significa, também, repensar títulos e entregar o que está anunciado neles.

 

3. Aprenda a contar histórias


Quem dispensa uma boa história? É por isso que o storytelling é o queridinho em qualquer estratégia de conteúdo. 

Qual é a história por trás da sua marca? Qual é a história do seus bastidores? Qual é a história do seu produto? Por que você faz o que faz? 

Quando a gente conhece a história, começa a pertencer àquela narrativa. Ao conhecer a história, já estamos comprando a ideia – uma boa história aproxima, jamais distancia. 

 

4. Saiba como apresentar o conteúdo

O conteúdo épico pode vir em diversos formatos: vídeos, infográficos, textos, listas… Existem muitas possibilidades de entrega. 

Ainda assim, não descarte a forma como você usa as palavras. Não descarte o olhar atento ao que diz: saiba o momento certo de suavizar a fala ou de entregar uma informação exclusiva. 


5. Conecte o seu leitor

Sabe quando a conexão acontece? Quando o usuário esquece o que estava fazendo antes de começar a ler. E isso só é possível se o conteúdo o fisgar

Um conteúdo épico é sempre certeiro para conectar leitores e inspirá-los. E é por isso que cria engajamento e, por consequência, aumento de tráfego dos blogs e websites. 

O usuário se conecta à história ou não consegue soltar a informação que contém nela. As duas alternativas são muito bem-vindas! 

6. Use ferramentas épicas

Uma boa dica para seguir blogs e marcas que entregam informações interessantes e que podem ser um verdadeiro convite para a inspiração é usar o Feedly. 

Outra é utilizar o Quora – uma ferramenta de perguntas e respostas que podem dar um up nos seus conhecimentos gerais. E o bacana é que é possível fazer filtros por interesse. 

Por falar em interesse, o Buzzsumo é uma ferramenta que lista os artigos conforme a sua área de interesse. 

Assinar boas newsletters também é uma excelente forma de estar sempre bem informado e atualizado.


7. Conheça seus concorrentes e seus leitores

Além de ter conhecimento de sobra sobre o que se propõe a escrever, nunca desperdice a chance de conhecer bem os seus concorrentes e a sua audiência. Parece um conselho batido, mas é muito importante que você pesquise para saber o que os competidores estão entregando e como estão fazendo isso. 

Da mesma forma, é preciso saber quem está lendo o que você escreve. Aproveite a oportunidade de interação e pergunte aos seus seguidores o que eles querem consumir. Quais são suas dicas para novos posts? 

Essa é uma boa forma de você nunca perder a inspiração para novos assuntos. Peça para que eles digam também qual experiência vivenciam ao navegarem em seu blog ou website. 

 

8. Revise o seu conteúdo

Parece uma dica irrelevante, não é mesmo? Mas acredite, não é. Assim como também é muito importante que você deixe o texto descansar por algumas horas antes de fazer a revisão. 

É nesse momento que você perceberá se alguma ideia está incoerente ou não. Poderá ter um novo e melhor insight, poderá melhorar o título, eliminar alguma parte desnecessária ou até mesmo aprimorar a escrita do texto.

A revisão é uma boa amiga do conteúdo épico, pode ter certeza! Com ela, você evita ainda cometer um erro fatal: a possibilidade de plágio.

 

9. Não confunda épico com perfeição

Por mais incrível que possa estar o seu conteúdo, é muito improvável que ele esteja perfeito. Todo conteúdo pode e deve ser melhorado. 

A cada novo conteúdo, mais experiência agregada –  inclusive para torná-lo melhor do que o anterior. É preciso aperfeiçoar o olhar crítico para aquilo que é produzido. Com esse pente fino necessário o conteúdo se torna cada vez melhor. 

Acertar na produção de conteúdos épicos é sinônimo de prender o leitor. De chamar a sua atenção. Mais do que isso, toda a inspiração que você teve para criar o material precisa ser transferida para o usuário. 

Quando a sua audiência está fascinada pela sua marca, ela está propensa a estar do seu lado. O aumento da audiência é um incentivo a escrever sempre mais e melhor. 

Épicamente falando…

 

Você já está cheio de insights para a sua produção? A criatividade não tem limites. Para começar a engajar mais e mais leitores você apenas precisa começar por algum lugar… 

Se você está fascinado pelas possibilidades do conteúdo épico mas ainda não sabe como iniciar a sua produção, talvez esteja precisando de mais um incentivo.

Confira nossas dicas de como produzir conteúdos extremamente relevantes para o seu público. 

Também nunca é demais lembrar que, apesar da qualidade, a frequência também é muito importante: você não pode produzir um conteúdo sensacional e deixar ele sozinho em seu blog sem companhia nenhuma. 

E lembre-se: sempre é possível terceirizar a produção, contratando os serviços de uma agência de conteúdo digital para criar conteúdos interessantes e interativos – que possam conectar ainda mais você e a sua audiência. Afinal de contas, ninguém quer gastar tempo e dinheiro produzindo mais do mesmo.  

 

Contato