Estratégia

O poder do cross channel: não aposte em apenas uma estratégia de marketing

Mulher rodeada de redes sociais em um notebook.

tempo de leitura 12 MIN

compartilhe

Na era digital, a atenção das pessoas surge como um dos ativos mais valiosos para as empresas. Com um mar de informações inundando o público, as marcas travam uma batalha constante para se destacarem. E é nesse contexto que o Cross Channel ganha relevância.

As organizações já perceberam a necessidade de estar presentes em todos os canais frequentados por sua base. Isso pode englobar desde redes sociais e e-mail marketing até blog posts, TikTok e outras estratégias para alcance do público-alvo que sejam pertinentes.

Mas não se engane: estar em todos os lugares, não significa bombardear a audiência com mensagens desconexas. O segredo do sucesso está na integração. Cada canal deve complementar o outro, criando uma jornada fluida e personalizada para o cliente.

Tem interesse em compreender como isso é viável? Basta entender o conceito de Cross Channel, suas possibilidades e como implementá-lo na prática! Neste artigo, você encontrará os principais detalhes que precisa sobre o assunto. Acompanhe.

O que é Cross Channel Marketing?

Imagine um cliente que pesquisa um produto online, mas prefere comprá-lo na loja física. Ou um seguidor que se engaja com a marca nas redes sociais e decide finalizar a compra no e-commerce. 

No mundo de hoje, o comportamento do consumidor é espontâneo e multicanal. As empresas que desejam alcançar o sucesso precisam estar onde o seu público está, de maneira integrada e estratégica.

Você provavelmente já sabe que estar presente em dois ou mais canais é a mera presença diversificada não garante que a experiência toda seja coesa e relevante para a audiência.

É aqui que entra o Cross Channel, uma abordagem de marketing que integra diferentes meios de comunicação para criar uma experiência única e personalizada para o cliente. 

Mais do que apenas estar presente em diversos canais, esse modelo visa harmonizar a comunicação e as ações em cada um deles, garantindo fluidez e coerência na jornada do consumidor. 

Além de ampliar o alcance das campanhas, o Cross Channel otimiza sua eficácia, uma vez que os padrões de informações que ajudam cada lead a avançar em seu processo decisório são os mesmos. 

Dessa maneira, ao combinar esforços entre diferentes plataformas de maneira integrada em um único discurso, as chances de criar uma boa experiência, conquistar a satisfação do público e impulsionar as conversões se tornam muito maiores.

Agora você sabe que investir em uma cross channel para o marketing da sua empresa pode trazer resultados que vão além de números. Mas como fazer isso? Como usar a favor do seu negócio?

Cross Channel vs Multichannel vs Omnichannel

As estratégias de Cross Channel, Multichannel e Omnichannel estão todas centradas na utilização de múltiplos canais para engajar clientes. Por isso, os conceitos geralmente geram certa confusão, uma vez que diferem na forma como interagem entre eles e com o público.

O Multichannel é o modelo mais básico entre os três. Ele é caracterizado pelo uso de múltiplos canais para alcançar e interagir com os clientes, mas de forma independente. Ou seja, são operados de maneira isolada e sem compartilhar dados entre si. Você acha válido usar o Multichannel na sua estratégia? Comenta ao final do texto e nos conte sua opinião.

Nessas situações, é comum que o consumidor tenha experiências desconexas, não encontrando a mesma informação ou nível de serviço em todos os canais.

Já o Omnichannel representa a evolução do anterior, com um foco claro na integração entre todos os canais de comunicação e venda utilizados pela empresa.

Seu objetivo é criar uma experiência unificada e contínua para o público, permitindo que ele transite livremente entre os diferentes canais durante sua jornada, mantendo a consistência do serviço, informação e experiência.

Por sua vez, o Cross Channel representa outra etapa desse processo de evolução, concentrando-se em canais complementares.

Ele busca compreender quais estratégias têm melhor desempenho para fortalecer a marca. Isso melhora a experiência do cliente, permitindo a migração para o canal preferido com praticidade e fluidez.

Depois de entender um pouco mais as diferenças entre essas estratégias, vai abordar alguma delas no seu próximo planejamento? Continue no artigo para entender mais.

Conheça os benefícios para o seu negócio

O Cross Channel Marketing tem como foco o comportamento do cliente ao longo da sua jornada de compra. Assim, sua implementação pode exercer uma influência considerável e gerar impactos significativos nesse processo.

Ao mesmo tempo, a estratégia visa trazer um discurso descomplicado e uniforme entre os canais, garantindo que o público tenha a mesma percepção em todos eles. Por meio dessa conexão, é possível criar uma experiência mais relevante, que proporciona benefícios como:

Aumento da visibilidade da marca

Ao manter uma presença consistente em vários canais, sua marca se torna mais visível para uma ampla gama de consumidores, aumentando o reconhecimento e a lembrança.

Maior engajamento do público

Uma comunicação coesa e relevante em diferentes canais tende a aumentar o engajamento dos usuários, pois encontram valor e consistência nas interações, independentemente do ponto de contato.

Fidelização dos clientes

A experiência positiva e integrada, proporcionada pelo Cross Channel, incentiva os clientes a permanecerem leais à marca. Eles sentem que suas necessidades são compreendidas e atendidas de forma personalizada.

Melhores taxas de conversão

A coerência e relevância na comunicação ao longo dos diferentes canais melhoram a jornada do cliente. Isso leva a um aumento nas taxas de conversão devido à construção de uma relação de confiança e valor.

Ganho de alcance de público

Utilizar diferentes canais de maneira integrada permite alcançar segmentos de público que talvez não fossem acessíveis por meio de um único canal. Dessa forma, há um aumento no alcance da marca.

Melhor entendimento sobre a audiência

A integração entre os canais permite coletar e analisar dados sobre o comportamento e preferências dos clientes de forma abrangente, aprimorando o entendimento sobre a audiência.

Otimização dos investimentos

Com um entendimento mais profundo sobre quais canais performam melhor e como o público responde a diferentes abordagens, é possível alocar recursos com eficácia, otimizando o retorno sobre o investimento.

Aumento nas vendas

A combinação de todos os fatores citados (visibilidade, engajamento, fidelização e uma compreensão mais precisa do público) contribui para um aumento direto nas vendas. Por consequência, o crescimento do negócio é impulsionado.

Estratégias e táticas para a implementação do Cross Channel

Não há uma fórmula única para a implementação de uma estratégia de Cross Channel que se aplique de maneira igual a todas as empresas. Contudo, adotar algumas boas práticas pode ser crucial para o sucesso dessa abordagem. 

Veja algumas ações que vão te ajudar:

Defina seus objetivos

Antes de começar, é importante definir com clareza o que você espera alcançar com a estratégia de Cross Channel. Ter metas claras ajuda a orientar suas ações e medir o sucesso da estratégia. Estes podem incluir:

  • Aumentar o reconhecimento da marca por novos clientes;
  • Melhorar as taxas de conversão;
  • Aumentar a fidelidade;
  • Demais objetivos de negócios específicos.

Mapeie suas personas

O mapeamento das suas personas é outra ação fundamental para aprimorar as estratégias de Cross Channel, pois isso garante uma abordagem mais sinérgica e personalizada. 

Ao entender as nuances específicas dos seus clientes considerados ideais, você consegue elaborar uma comunicação que não só impacte a audiência em um nível mais pessoal, mas que também se alinha de forma coesa em múltiplos canais.

Para citar um exemplo breve, imagine ter uma persona chamada de “Empreendedor Digital”, que prioriza eficiência e valoriza conteúdo educativo. 

Nesse caso, a estratégia de cross channel eficaz poderia envolver anúncios direcionados nas redes sociais para promover um webinar, seguido de e-mails personalizados com recursos complementares, como e-books ou estudos de caso relevantes, para o evento.

Essa abordagem reforça a mensagem principal em vários canais e ainda cria uma jornada fluida para a persona, aumentando as chances de conversão com uma entrega de valor mais consistente e personalizada.

Comece por etapas

Não é aconselhável lançar-se em todos os canais de uma só vez. Comece com dois ou três e observe como sua audiência responde. 

Além disso, lembre-se que a chave é adaptar sua mensagem ao comportamento do público de cada canal, oferecendo uma experiência fluida e coerente, mas não necessariamente idêntica em cada plataforma.

Por exemplo, vamos supor que uma marca de moda escolhe focar no TikTok e em um blog como parte dos seus esforços iniciais de Cross Channel. 

No TikTok, a empresa pode criar vídeos curtos e envolventes para destacar tendências, dicas de moda e como usar seus produtos de forma inovadora, aproveitando o formato dinâmico e visual da plataforma.

Já no blog, é possível aprofundar o conteúdo com artigos mais detalhados sobre o conceito de cada coleção, guias de estilo e as histórias por trás de peças específicas, proporcionando um conteúdo mais rico e informativo para complementar a experiência ágil do TikTok.

Nos dois casos, o foco é promover as peças da marca e inspirar os consumidores. Contudo, a maneira como essa mensagem é comunicada varia entre os canais, garantindo que a comunicação seja relevante e atraente para o público específico de cada meio.

Gere leads e os qualifique

Sem um banco de dados de clientes potenciais, suas campanhas não terão um público para se engajar. Portanto, a estratégia de Cross Channel eficaz depende da geração de leads.

A cada interação, não deixe de capturar informações de contato e incluí-las em seu CRM. Isso permite uma comunicação personalizada em diferentes canais e uma compreensão mais profunda para o comportamento do público.

Além de gerar leads, é essencial segmentá-los e qualificá-los para garantir que suas campanhas atinjam o público certo. Para isso, é fundamental contar com um software de automação de marketing, como RD Station, Hubspot, entre outros. 

Essas ferramentas permitem segmentar os leads com base em critérios específicos, como comportamento de navegação, interesses demonstrados e interações anteriores com a marca.

A qualificação de lead score é essencial nesse processo. Trata-se de uma pontuação atribuída a cada lead com base em seu engajamento e comportamento, ajudando a priorizar os leads mais propensos a se converterem em clientes. 

Portanto, é importante calibrar continuamente o lead score para garantir que os dados extraídos dos usuários sejam capazes de direcionar campanhas mais personalizadas, diferenciando os leads que estão mais prontos para converter dos que ainda precisam de mais nutrição.

Integre os canais

Evidentemente, a integração eficaz dos canais é outro fator essencial para uma estratégia de Cross Channel bem-sucedida. 

A informação sobre o comportamento do cliente e suas interações deve fluir livremente entre os canais. É desse modo que você constrói uma comunicação consistente e personalizada para acompanhar a jornada do consumidor de forma natural.

Voltando ao exemplo da marca de moda que citamos anteriormente, ela pode iniciar sua campanha de lançamento de uma nova coleção com teasers no TikTok, criando vídeos curtos e envolventes que geram interesse e expectativa entre os seguidores. 

Em seguida, a empresa pode direcionar os usuários interessados para o Instagram, usando o feed para mostrar imagens mais detalhadas das peças e os Stories para compartilhar os bastidores da produção da coleção. 

Além disso, a marca pode utilizar o Instagram Store para facilitar a compra dos produtos diretamente a partir da plataforma, aproveitando o impulso gerado pelas campanhas nos dois canais.

Com a integração das funcionalidades desses diferentes canais, é possível criar uma experiência mais coesa e envolvente, guiando a jornada de descoberta e compra dos leads de maneira fluida e personalizada.

Utilize o remarketing

No contexto do Cross Channel, o remarketing pode ser usado para criar uma experiência de marca coesa, engajando novamente os consumidores em diferentes canais após a interação inicial.

Imagine que um lead interagiu com a sua marca ao visitar seu site, mas não finalizou uma compra. Aqui, o remarketing pode ser utilizado para reengajar esse usuário em diferentes canais, como e-mail, redes sociais e anúncios online. 

Por exemplo, você pode enviar um e-mail personalizado oferecendo um desconto exclusivo para incentivar a conclusão da compra. 

Ao mesmo tempo, é possível exibir anúncios nas redes sociais que destacam os produtos visualizados anteriormente, reforçando a mensagem e mantendo a marca presente na mente do consumidor.

Assim, além de aumentar as chances de conversão, o remarketing também permite que a audiência receba mensagens relevantes e personalizadas em todos os pontos de contato.

Foque nos canais mais promissores

Conforme sua estratégia se desenvolve, é importante avaliar o desempenho de diferentes canais e concentrar seus esforços naqueles que geram os melhores resultados. Assim, você direciona recursos para aqueles mais promissores e que otimizam seu ROI.

Podem estar inclusos aqui as redes sociais, e-mail marketing, blog posts, TikTok e outras formas de marketing de conteúdo.

Leia também: Conteúdo para Instagram vs TikTok: o que muda?

Acompanhe as métricas e faça melhorias contínuas

Acompanhar métricas relevantes é vital para entender o sucesso de sua estratégia de Cross Channel. Isso inclui taxas de conversão, engajamento, alcance e ROI. 

Analisar esses dados regularmente permite identificar áreas de sucesso e aquelas que necessitam de ajustes.

Por exemplo, se uma campanha de e-mail marketing está tendo baixa taxa de abertura, pode ser necessário ajustar o assunto ou o conteúdo do e-mail para torná-lo mais relevante para o público-alvo. 

Da mesma forma, se um canal específico está gerando um alto engajamento, pode ser interessante investir mais recursos nesse canal para maximizar os resultados.

Portanto, utilizar dados concretos permite uma compreensão mais realista do impacto de cada canal no Cross Channel, guiando a otimização contínua da estratégia para alcançar melhores resultados.

Como a Gummy pode te ajudar a usar essa estratégia

Ciente de que o Cross Channel exige bastante esforço, expertise e soluções sob medida para cada negócio, a Gummy trabalha para desenvolver estratégias inteligentes, baseadas em dados e pesquisas para cocriarmos cases de sucesso.

Com soluções de marketing integradas e abrangentes, utilizamos múltiplos canais para atingir os objetivos dos nossos clientes e superar as expectativas de suas audiências.

Cada estratégia Cross Channel e Omnichannel elaborada pela nossa equipe começa pelo Way2Go, nosso modelo para estabelecer ou otimizar a presença digital da sua empresa em até 3 canais. 

Focados em KPIs de tráfego, alcance, conversões, visualizações, impressões, entre outros pertinentes para as suas metas, elaboramos um sólido storytelling transmídia, que pode focar em reposicionamento de marca, campanha institucional, sustentação, etc.

A partir disso, podemos partir para outras ações estratégicas mais focadas, como o Be Content. Trata-se da nossa frente para Marketing de Conteúdo, voltada à atração de audiência orgânica em canais prioritários. 

Já no Be Content: Inbound, entregamos conteúdos multi formato e valor ao longo de uma jornada de topo, meio e fundo de funil. A partir disso, geramos resultados de inbound para aumento de tráfego, conversão e geração de oportunidades.

Outra possibilidade é o Go Social, que visa gerar reconhecimento e conversas em torno da marca por meio de canais sociais, que geram mais alcance, engajamento, impressões, visualizações, e outros ganhos em termos de KPIs.

Ainda no social, a estratégia TikTokBang é orientada à rede mais popular do momento, para você furar a bolha, alcançar mais pessoas e se destacar na plataforma de maior apelo entre os novos consumidores.

O Way2Go e as demais estratégias integradas da Gummy representam a fórmula de sucesso que nos fez conquistar a confiança e excelentes resultados junto a grandes marcas, como UOL, Pag Bank, Oakley, Omo, Weg, Drogaria Catarinense e Too Seguros. 

Conclusão

O mercado digital não para de crescer, oferecendo oportunidades cada vez melhores e mais abrangentes de comunicação para as empresas. Contudo, isso também faz com que o cenário fique saturado, com consumidores mais exigentes e impactados por uma infinidade de marcas.

Com isso, a atenção das pessoas se tornou um ativo valioso para as marcas, e o Cross Channel é uma das melhores estratégias para conquistá-lo. 

Ao integrar diversos canais de forma coesa e estratégica, é possível:

  • Proporcionar uma experiência única e personalizada para os clientes;
  • Aumentar sua visibilidade de marca;
  • Engajar e fidelizar o público;
  • Melhorar as taxas de conversão. 

Por meio de uma abordagem inteligente e baseada em dados, como as oferecidas pela Gummy, seu negócio pode otimizar a presença digital e alcançar resultados excepcionais. 

Que tal saber mais sobre nossas soluções e aproveitar ao máximo as oportunidades de crescimento que só as melhores estratégias de Cross Channel marketing podem oferecer? Clique aqui e confira todos os detalhes sobre nosso trabalho ou fale conosco acessando este link.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Gummy tratará seus dados pessoais para fins de moderação, resposta aos comentários, inclusive, para entrar em contato. Para mais informações sobre como utilizamos os seus dados, consulte a nossa Política de Privacidade.

sobre o autor

Yuri Vellinho

Veja também:

Mulher checando e-mails.
Campanha de e-mail marketing: 8 táticas para conseguir bons resultados
Pessoas reunidas na frente de papéis.
Estratégias avançadas de Marketing B2B: como impulsionar o sucesso da sua empresa
Analisando métricas de redes sociais.
Métricas de redes sociais essenciais para medir o desempenho de suas campanhas