Estratégia

Crie sua estratégia de comunicação para redes sociais

tempo de leitura 9 MIN

compartilhe

Se você é um profissional de marketing, já sabe que é preciso montar estratégias de comunicação para redes sociais. Mas na hora de colocar a mão na massa, é normal ter dúvidas sobre começar e estruturar esse planejamento. Por isso, montamos esse conteúdo para esclarecer tudo a respeito desse universo. 

Existem diversos canais de comunicação, nos quais é possível conversar com o público de inúmeras maneiras, não é mesmo? Mas é preciso escolher os melhores meios para que a campanha tenha o resultado esperado. Confira o conteúdo que preparamos para te ajudar nesta tarefa!

A importância de criar estratégias de comunicação para redes sociais

Antes de tudo, é necessário compreender que é muito importante criar uma estratégia específica para redes sociais. 

Segundo uma pesquisa realizada pela plataforma Cupom Válido, que reuniu dados sobre o uso de redes sociais no Brasil e no mundo, o Brasil é o terceiro país que mais utiliza redes sociais no mundo. Veja o ranking das 10 mais utilizadas em 2021:

  1. Facebook (130 milhões)
  2. YouTube (127 milhões)
  3. WhatsApp (120 milhões)
  4. Instagram (110 milhões)
  5. Facebook Messenger (77 milhões)
  6. LinkedIn (51 milhões)
  7. Pinterest (46 milhões)
  8. Twitter (17 milhões)
  9. TikTok (16 milhões)
  10. Snapchat (8,8 milhões)

É muita gente, né? E essa visibilidade toda gera diversas oportunidades para aqueles que desejam utilizar essas plataformas.

Mas, provavelmente a sua marca não deseja se comunicar com todo mundo, portanto, é preciso desenhar uma estratégia para falar com quem realmente importa.

E, como cada canal possui particularidades, é importante pensar em planejamentos diferentes para cada um deles.

Ao estudar e compreender bem o seu público e onde eles estão inseridos, você poderá construir um plano de comunicação que tenha mais chances de conversão, vendas ou geração de autoridade de marca.

Quanto tempo um conteúdo “dura” na internet?

Não é nenhuma novidade que os conteúdos criados para a internet possuem um “prazo de validade” menor. Em outras palavras, são compartilhados, consumidos e se tornam obsoletos rapidamente.

Sendo assim, ao criar as estratégias de conteúdo para redes sociais, é muito importante ter noção de quanto tempo cada tipo de material “dura” em cada plataforma.

Pensando nisso, separamos uma lista com as principais redes sociais e o tempo de durabilidade de um conteúdo em cada um delas. Confira:

  • Facebook: uma publicação costuma ter mais exibição nas primeiras 2 ou 3 horas. Após isso, a distribuição cai em torno de 80% e se torna mais difícil que alguém veja a postagem de maneira orgânica;
  • Instagram: o tempo que a plataforma irá mostrar a publicação para os seguidores é de 48 horas, ou dois dias. No entanto, o algoritmo tende a priorizar aquelas postagens que tiveram mais curtidas, comentários e compartilhamentos;
  • Twitter: essa plataforma é rápida, dinâmica e não cumulativa. Portanto, o tempo de duração da publicação é ainda menor, em torno de 20 minutos.

Com essas informações, você consegue criar estratégias de social media cada vez mais assertivas, o que gera mais resultados e reduz gastos com as campanhas de marketing.

Como estruturar sua estratégia?

Agora que você já sabe a importância de estruturar uma estratégia de comunicação para redes sociais e qual o tempo de duração em cada canal, chegou a hora de entender como colocar esses conhecimentos em prática.

Por isso, desenvolvemos um passo a passo completo para você estruturar seu planejamento. Confira:

Descubra onde está sua audiência

Antes de tudo, é essencial que você tenha definido o público alvo e a persona da campanha. Mas não só isso, também é preciso saber onde essas pessoas estão.

Conforme mencionamos anteriormente, existe uma grande variedade de redes sociais. Dependendo de quem você deseja atingir, deve focar suas forças em uma e diminuir em outras.

Digamos que o público que você deseja atingir tenha entre 15 e 20 anos. Um bom exemplo de rede social para conversar com essas pessoas seria o TikTok. Concorda?

No entanto, se a faixa etária do público está em pessoas entre 25 e 30 anos, é mais indicado escolher o LinkedIn e o Instagram, por exemplo.

Vale destacar que esses são apenas alguns exemplos. Para criar uma estratégia de comunicação para redes sociais, também é importante levar em consideração outros dados, como classe social, gostos pessoais etc.

Analise sua concorrência

Você deve saber quais são os principais concorrentes da marca, seja qual for o segmento da empresa ou a campanha.

É indicado analisar o que e como eles têm se comunicado nas redes. Isso pode gerar insights preciosos para estruturar as estratégias de comunicação para redes sociais.

Ao observar o que as outras empresas estão fazendo, é possível ver qual caminho você deve ou não seguir com as suas próprias estratégias.

Planeje-se

Após descobrir onde está a audiência e o que a concorrência tem feito, é a hora de planejar a aplicação da campanha

É preciso estruturar muito bem quando cada conteúdo vai ao ar, com qual formato e quais os temas que serão abordados.

De nada adianta criar materiais relevantes, que tenham um bom alcance, se eles forem publicados sem planejamento. Inclusive, isso pode até “queimar” algum tema que poderia ter sucesso. Compreende?

Aqui, a dica é utilizar um calendário de publicações. Assim, você consegue visualizar melhor qual tipo de conteúdo será publicado em determinada data e quais são os temas.

Crie conteúdo original e de qualidade

Mesmo que a sua marca já tenha uma boa visibilidade, é importante sempre pensar em conteúdos que sejam relevantes e que apresentem algo novo ao público.

As pessoas não querem mais do mesmo. Portanto, busque referências e ideias que tornem as publicações mais atraentes e originais.

Impulsione publicações

A cada dia que passa, é mais difícil conseguir grandes resultados nas redes sociais apenas com tráfego orgânico

As empresas que cuidam dos canais de comunicação, como o Facebook, já limitaram o alcance gratuito das publicações e passaram a cobrar daqueles que desejam que o conteúdo seja amplamente divulgado.

O principal benefício desse tipo de veiculação, é que ele permite que a campanha atinja exatamente o público desejado.

Por exemplo, digamos que você queira se comunicar com um público específico, como adolescentes que gostam de jogos de corrida. Com as plataformas de impulsionamento e anúncio de marketing digital, você consegue alcançar e conversar diretamente com essas pessoas. 

Qual o formato de conteúdo ideal para cada plataforma?

Tão importante quanto conhecer o público e suas afinidades é compreender seus formatos preferidos (e os que funcionam melhor em cada plataforma).

Por isso, separamos uma lista com os principais formatos de conteúdo para você utilizar em cada rede social. Veja:

Instagram

Esta é uma das redes sociais mais utilizadas atualmente. É também um dos canais mais visados na hora de criar estratégias de comunicação para as redes sociais.

No Instagram, as publicações podem ser tanto em imagens quanto em vídeos, o que permite uma grande amplitude de formatos para serem explorados.

Vale a pena estudar qual o tipo de material que agrada mais ao seu público. Para as pessoas mais jovens, por exemplo, procure explorar vídeos curtos como um reels.

Já para faixas etárias mais elevadas, foque em carrosséis ou vídeos informativos, por exemplo.

LinkedIn

O Linkedin é a rede social que mais destoa das outras plataformas. Isso porque ela é voltada para o âmbito profissional e serve para compartilhar, procurar vagas e publicar conteúdos voltados para o mercado de trabalho.

O foco corporativo torna a rede o ambiente ideal para comunicação entre empresas, que é o famoso marketing B2B.

Nesse sentido, é recomendado publicar materiais que tenham relação com a área de atuação da sua empresa, mas que também sejam relevantes para os usuários.

Separamos os principais tipos de conteúdos que você pode criar no Linkedin:

Conteúdos longos 

Se você quer se comunicar com o seu público de maneira mais complexa, passando informações relevantes e de forma completa, o Linkedin é o lugar ideal.

Como falamos acima, esse é um local onde as pessoas realmente estão interessadas em se desenvolver profissionalmente. Ou seja, querem conteúdos que passem informações mais completas e aprofundadas.

Compartilhe experiências

Todo negócio tem uma história. E essa experiência pode apresentar um pouco mais sobre o que a empresa defende e quais as suas crenças.

Isso pode ser interessante para os consumidores e ainda irá tornar a empresa mais conhecida entre o público.

Vídeos

Mesmo que seja em uma plataforma profissional, as pessoas continuam se atraindo por vídeos. O segredo aqui é publicar conteúdos que apresentem a marca, seja por meio de um bate papo, depoimento ou até mesmo vídeo institucional.

Facebook

Neste caso, as publicações que mais dão certo também são vídeos. Porém, também é recomendável publicar GIFs e imagens.

Afinal, o Facebook ainda é a rede social mais acessada no mundo e, por essa razão, há espaço para diversos formatos, conteúdos e ideias.

Caso precise de uma inspiração, uma dica é utilizar as ferramentas Facebook Insights e Google Trends para ver quais são os assuntos mais falados atualmente.

Twitter

Esta é uma rede social que costuma ser mais ágil. Por isso, vale a pena que as marcas estejam alinhadas com tudo aquilo que é novidade e pensem em maneiras de se inserirem nos assuntos do momento.

Neste canal o profissional encarregado da estratégia deve estar sempre antenado nos assuntos, hashtags e, claro, os memes que estão bombando.

O Twitter também é uma ótima plataforma para acompanhar e receber feedbacks, o que permite que a empresa e sua equipe de comunicação acompanhem a opinião dos usuários em tempo real.

TikTok

A plataforma mais nova da nossa lista, o Tik Tok, já conquistou bilhões de pessoas ao redor do mundo.

É uma rede social focada no público jovem, porém não se restringe a ele e permite que as estratégias de comunicação para redes sociais sejam feitas para diversos públicos.

Aqui, as melhores maneiras das empresas se comunicarem com os usuários são:

  • parcerias com influenciadores;
  • lançar “desafios” para o público;
  • combinar a marca com algo útil para a audiência.

Tendências para social media que você deve ficar de olho

Agora que você já sabe mais sobre as estratégias de comunicação para redes sociais, vamos apresentar as principais tendências do mercado.

Vídeos em todos os lugares

Como você já deve ter notado, em quase todos os tópicos sobre “Qual o formato de conteúdo ideal para cada plataforma”, mencionamos vídeos.

Isso porque as pessoas, de modo geral, gostam de conteúdos dinâmicos, onde se entrega muita informação, com entretenimento e apelo visual.

Marketing de influência

Você já deve conhecer algum influenciador digital. Eles têm entregado bons resultados para as empresas anunciantes e estão dominando as divulgações de Marketing Digital.

Sendo assim, vale a pena pesquisar quais são os influencers que mais se adaptam ao produto ou marca que você está divulgando. E a partir de então, analisar quais estratégias esses profissionais possuem para fidelizar e influenciar os seus seguidores a consumirem os seus produtos/serviços.

Posts que geram identificação

A cada dia que passa as pessoas desejam mais se identificar com as marcas que estão consumindo. Em outras palavras, as estratégias de comunicação para as redes sociais devem sempre ter esse norte.

Isso faz com que o público sinta-se participante do conteúdo consumido, o que gera engajamento e reflete no aumento das vendas.

Crie sua comunidade e acompanhe o que elas estão falando

Com as estratégias aplicadas da maneira correta, provavelmente a marca começará a criar uma comunidade. Mesmo que pequena, ela será determinante para criar ou intensificar a relação com o público-alvo, aproximando-o de você.

Ainda assim, é necessário estar atento no que estão falando sobre a marca. Isso vai permitir que você:

  • acompanhe a situação geral da marca;
  • crie conteúdo relevante para as pessoas;
  • melhore a experiência do consumidor.

Independente de quais estratégias você utilizar na comunicação das redes sociais, é essencial contar com o máximo de informações sobre o assunto.

E, se você deseja saber mais sobre como montar um planejamento de conteúdo completo para a sua marca, baixe nosso e-book gratuito agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Gummy tratará seus dados pessoais para fins de moderação, resposta aos comentários, inclusive, para entrar em contato. Para mais informações sobre como utilizamos os seus dados, consulte a nossa Política de Privacidade.

sobre o autor

Autor Convidado

Veja também:

ROI em marketing: como a gummy pode ajudar a maximizar os resultados da sua empresa
Como maximizar o ROI em marketing: o papel da Gummy no sucesso de sua empresa
social listening o que é, como fazer social listening, ferramentas social listening
Social Listening: o que é, por que as marcas devem fazer e quais as melhores ferramentas?
Por que escolher a Gummy para ser a sua agência de conteúdo?