Marketing de Conteúdo para indústria pode parecer um conceito estranho em um primeiro momento. Mas, se você parar para pensar, quase todas as nossas decisões envolvem muita pesquisa online, certo?

Com outras empresas buscando os seus serviços e produtos, não é diferente. Por isso, o setor industrial pode ter excelentes resultados investindo nesse tipo de estratégia.

Neste conteúdo, você vai ler sobre:

  • Marketing de Conteúdo para indústria: vale a pena?
  • Como aplicar o Marketing de Conteúdo para indústria

Marketing de Conteúdo para indústria: vale a pena?

A tecnologia mudou nossa forma de comprar. Isso é um fato. Seja nas vendas para o consumidor final ou B2B (business to business ou, em português, de empresa para empresa).

O consumidor deixou de ser passivo com relação aos produtos e serviços para buscar ativamente aquilo que melhor se encaixa no seu perfil. A sua atenção, por outro lado, diminuiu: são dezenas de estímulos a cada minuto e ficou mais difícil prender o possível cliente com o marketing tradicional.

Basicamente, o consumidor não tem mais tempo a perder, tornou-se mais crítico e não gosta de propagandas intrusivas ou que atrapalhem a sua experiência online.

Por isso, uma boa presença digital é fundamental para que sua empresa seja respeitada e reconhecida como referência na área.

Principalmente nas vendas complexas, que incluem os negócios do setor industrial, a tomada de decisão é feita por muitos profissionais e o processo de convencimento é longo. Ele exige muita educação dos possíveis clientes e diversos contatos.

Com o marketing de conteúdo, você consegue reduzir os esforços da equipe de vendas e otimizar resultados – economizando dinheiro no fim do mês.

Isso acontece porque esses conteúdos são desenvolvidos tendo em mente o momento em que o lead está na jornada de compra. Ou seja: são pensados especificamente para o interesse do leitor naquele momento e focados no público-alvo do seu negócio.

Eles também permitem um alto grau de personalização e são ajustáveis, por isso podem ser alterados facilmente caso existam melhorias possíveis. Hoje em dia, existem inclusive soluções de inteligência artificial para marketing digital.

Além disso, o marketing de conteúdo para indústria permite medir os resultados com bastante precisão.

Usando essa estratégia, você consegue acompanhar de que canais seus principais clientes estão vindo e o que está funcionando melhor. Assim, os investimentos em marketing são mais assertivos e as decisões, mais qualificadas.

Como aplicar o Marketing de Conteúdo para indústria?

Ao aplicar o Marketing de Conteúdo para indústria, o primeiro passo é um planejamento adequado com o seu negócio.

Entenda o público que você pretende atingir e como ele costuma buscar por informações. Você pode fazer isso com entrevistas ou pesquisas, inclusive.

Depois, vale escolher as ferramentas que melhor atendem às suas necessidades. Se você decidiu investir em um site institucional ou blog, por exemplo, comece a pensar em boas práticas de SEO.

Com essa estratégia, o seu site é encontrado de maneira fácil por quem buscar pela sua solução no Google e conquista mais visitas. Além disso, ele também se torna uma referência no assunto e melhora a autoridade da sua marca.

Nesse caso, o Marketing de Conteúdo para indústria pode abastecer seu site com diversos formatos de material.

Conheça alguns deles:

Artigos

Blogposts podem ser uma boa opção de conteúdo para marketing digital que ajuda a atrair e educar o público sobre seu produto e/ou sua empresa.

Diferentemente do seu site, o ideal é que eles não falem apenas da indústria em si. Mas abordem dores comuns entre os seus clientes e as soluções que você oferece para saná-las.

Vídeos

Conteúdos audiovisuais são boas opções para tratar de temas complexos, que talvez sejam difíceis de explicar por texto.

Além disso, eles geralmente retém por mais tempo a atenção do usuário e são uma das principais tendências de conteúdo.

Ebooks

Os ebooks são conteúdos mais extensos, que abordam de maneira mais completa um determinado tema. Eles podem ser originais ou feitos a partir de textos compilados do seu blog.

Esse tipo de material costuma ser uma boa opção para ofertar com o uso de landing pages, que retém informações do possível cliente em troca do download.

Conteúdo em áudio

Seja uma versão dos seus artigos em áudio ou um podcast sobre determinado assunto, conteúdos em áudio são boas pedidas para atrair profissionais com tempo corrido.

Esse tipo de conteúdo está cada vez mais popular. Principalmente. porque pode ser consumido no trânsito, na academia ou enquanto a pessoa executa qualquer outra tarefa.

Infográficos

Assim como os vídeos, os infográficos são uma boa pedida para explicar temas um pouco mais difíceis de maneira simples. Eles são ótimos para atrair os usuários e também para falar de funcionalidades do seu produto ou serviço.

Redes sociais

Pode parecer estranho falar em redes sociais para a indústria. Mas elas também podem servir como isca para a atração de possíveis clientes.

Campanhas de fortalecimento de marca, por exemplo, são opções viáveis para empresas do setor que querem reforçar sua autoridade e investir em marketing de influência.

Cada uma dessas opções tem as suas especificidades. Mas o fundamental é produzir conteúdos que dialoguem com o seu público. Caso contrário, você corre o risco de se perder no meio da montanha de materiais produzidos todos os dias na internet.

Para produzir conteúdos de qualidade, faça um planejamento que integre diferentes ferramentas e conte com o auxílio de profissionais. Se a sua equipe de marketing é enxuta ou está focada em outras áreas de atuação, você pode terceirizar a produção de conteúdo.

Agências como a Gummy constroem conteúdos inovadores, em diferentes formatos, que podem dialogar com as principais dores do seu cliente. Inclusive, no setor industrial.

Por fim, se você quer saber mais, baixe nosso ebook sobre produção de conteúdo e entenda exatamente o que sua persona quer ler!

Até a próxima!

 

Contato