O papel das redes sociais no marketing de conteúdo

O papel das redes sociais no marketing de conteúdo

As redes sociais no marketing de conteúdo têm papel fundamental, auxiliando a estratégia a ganhar força e amplificar seus resultados.  Afinal, a escolha dos canais de comunicação adequados às suas personas facilita levar a mensagem e o posicionamento de sua marca aos seus clientes atuais e potenciais. 

Achar que criar textos em seu blog e agendá-los nas redes sociais  é suficiente para trabalhar sua estratégia é um grande erro. 

Antes de qualquer coisa, é preciso alinhar os objetivos de  suas campanhas de inbound marketing ou de seu plano de conteúdo com cada um dos canais  utilizados. Isso engloba a definição de personas, a adequação de linguagem e formatos. 

Afinal, o que o marketing de conteúdo propõe?

O principal objetivo do marketing de conteúdo é fornecer informações e conhecimento relevantes à persona da sua marca, auxiliando-a na resolução de problemas ou no esclarecimento de dúvidas. 

Essa é a forma menos invasiva e mais eficiente de atrair a atenção de novos potenciais cliente, ganhar a confiança daqueles que estão em negociação com a sua empresa e utilizar isso a favor dos negócios.  Afinal, demonstrar o quanto você entende sobre determinado assunto é um excelente caminho para mostrar sua capacidade de resolução de problemas relacionados a ele. 

Entenda como o marketing de conteúdo pode ajudar seu negócio:

Aproximar o público da marca

O primeiro passo é colocar-se no lugar do seu potencial consumidor… Quanto mais você conhece uma empresa, mais próximo dela você se sente e maiores as chances de comprar os produtos que ela oferece, não é mesmo? 

Esse é o tipo de comportamento que você também verá em seus potenciais clientes ao utilizar estratégias que aproximem a sua marca dos seus seguidores, e é aqui que entra o marketing de conteúdo. Dentre suas diversas possibilidades de uso, ele auxilia no relacionamento, gerando mais proximidade ao se propor ajudar as personas que a estratégia atende. 

Ao encontrar o seu conteúdo por meio das pesquisas nas páginas de busca ou das redes sociais, o potencial consumidor passa a reconhecer e ter lembrança de sua marca, tendo-a como um ponto de apoio para outras eventuais necessidades sobre os assuntos que são contemplados na estratégia.

Criar autoridade

Seguindo o mesmo raciocínio anterior, um outro benefício que o marketing de conteúdo gera é a de tornar sua marca uma autoridade nos assuntos contemplados na estratégia. 

É como funciona a estratégia de influenciadores como, por exemplo , os youtubers e os blogueiros. Por falarem com propriedade sobre determinado assunto eles s e tornam referência para uma audiência, fortalecendo sua autoridade e obtendo, assim, mais seguidores. 

Com a sua marca ocorre da mesma forma.  Quando a sua empresa começa a compartilhar o conhecimento que possui por meio dos seus canais digitais, ela atrai novas pessoas que, com o tempo, passam a reconhecê-la como autoridade no assunto. 

Dessa forma, você estabelece uma presença de marca que será lembrada no momento de necessidade ou desejo de compra dos produtos e serviços que comercializa.

Gerar tráfego

Outro importante objetivo do marketing de conteúdo é a geração de tráfego para o seu site. Por meio das pesquisas realizadas em sites de buscas, com técnicas de SEO (Otimização para Mecanismos de Busca) ou mesmo nas redes sociais, com o auxílio de hashtags ou recomendações conforme definidas pelo algoritmo do canal, por exemplo, é possível levar potenciais clientes a acessarem o seu site. 

Além disso, uma boa estratégia faz com que sua audiência não apenas consuma o conteúdo, mas recomende e até mesmo compartilhe com outros potenciais interessados.

Educar o mercado

Você precisa ensinar o mercado que sua empresa atua sobre boas práticas, seus produtos e serviços?  Vai lançar algum recurso ou material e precisa que o seu potencial consumidor entenda sua importância para estimular as vendas? Marketing de conteúdo é a melhor estratégia e tem a educação como premissa para atrair, converter e fidelizar clientes!

Trabalhar a percepção da Marca 

O uso da estratégia também propõe como benefício a melhora da percepção sobre as marcas por seus atuais e potenciais consumidores, o chamado Branding. 

Isso se dá por meio da seleção dos temas abordados e bandeiras levantadas em sua estratégia, que acaba gerando senso de empatia e identificação por valores, propósito e interesses equivalentes. 

Gerar leads

Os leads são o contato de pessoas que se interessam pelos temas utilizados em sua estratégia de marketing de conteúdo e, por isso, acabam concedendo dados de contato para se relacionar com sua empresa.

Eles são um indicador de sucesso que sua estratégia de marketing de conteúdo está funcionando bem.  Afinal, a maior parte dos leads são provenientes dos chamados materiais ricos: conteúdo com informações mais aprofundadas, em diversos formatos, que atuam como iscas digitais para a captura de dados dos potenciais cliente.

Clientes de fidelidade

Quando alguém te ajuda a solucionar algum problema, você se sente grato e, provavelmente, se manterá fiel a ela, certo? Com a sua empresa e seus clientes ocorre da mesma forma.

Ao utilizar o marketing de conteúdo, você está ajudando suas personas transferindo conhecimento.  Isso é visto como valor agregado, o que acaba pesando para na decisão do seu cliente em trocá-lo por outra empresa que pode não dar o mesmo apoio ou dispor dos mesmos recursos. 

Também vale lembrar que um cliente fiel está mais propenso a realizar novas transações com sua empresa, por já ter confiança nela, além de recomendá-la para outras pessoas.

Como as redes sociais podem ajudar no marketing de conteúdo? 

As redes sociais são canais de comunicação já consolidados.  Fato é que quando conhecemos alguém que diz não as ter, estranhamos e até questionamos como isso pode ser possível. 

É exatamente por esse motivo que elas são excelentes canais para trabalhar e amplificar sua estratégia de marketing de conteúdo. Provavelmente, seus clientes estão em uma ou mais delas!

Nas redes sociais, quanto mais as pessoas gostarem de sua produção de conteúdo, maior será o alcance e o impacto dela. Com isso também cresce a chance de alcance a novos usuários, que podem tornar novos seguidores e até mesmo clientes.

Confira os impactos das redes sociais no marketing de conteúdo:

Amplia o alcance da marca

O alcance, nas redes sociais, representa a quantidade de pessoas que a sua publicação foi mostrada.  Quanto mais adequado aos interesses e necessidades do seu público for o conteúdo divulgado, maior será o interesse e, consequentemente, o engajamento. 

Isso potencializa o alcance de suas publicações, levando sua marca a mais pessoas. Com isso, novos seguidores e até mesmo clientes podem vir a surgir. 

Não se esqueça que é justamente o tipo, a qualidade e a frequência do conteúdo  que você publica que fará a diferença no seu engajamento.  Planejamento e organização são fundamentais para o sucesso. Por isso, contar com uma ferramenta para gerenciamento de redes sociais costuma fazer muita diferença!

Entregar seu conteúdo para o público certo

Você já possui uma audiência interessada em seus produtos, serviços ou assuntos trabalhados nas redes sociais.  Isso facilita a entrega do seu conteúdo para um público mais propenso a interagir com ele e, consequentemente, aumentar o alcance para outras pessoas com interesses similares.

Além disso, com o apoio de ferramentas de mídia disponibilizadas pelas próprias redes, é possível ampliar o alcance de forma paga para um público altamente segmentado, levando o seu conteúdo a mais pessoas.

Inclusive, é bastante recomendado dispor de uma verba para ampliar o alcance de suas publicações nas redes sociais, seja para engajamento, geração de tráfego ou mesmo leads.

Promover interatividade com os seus usuários

Ter um perfil numa rede social é uma ótima maneira de ficar mais próximo dos seus clientes atuais e potenciais promovendo interações. 

Uma dica é utilizar dos recursos das próprias ferramentas. No Twitter, por exemplo, as hashtags são indispensáveis para entrar em conversas que estão nos chamados trending topics, que são os assuntos mais comentados no momento. Já no Instagram, a dica é abusar dos Stories e seus recursos de enquetes, perguntas, dentre outros.

É preciso conhecer bem os recursos de cada rede social para promover a interação, e levar seu conteúdo a mais pessoas.  Afinal, elas foram feitas para propiciar o relacionamento gerando mais conversas e, por meio da identificação favorecer as vendas – não para compartilhar seu catálogo e bater na tecla da venda direta. 

Estreitar laços e reforçar a imagem da marca

Quanto mais conteúdo relevante e de qualidade você compartilhar com seus seguidores, mais você os ajudará a solucionarem seus problemas ou ter seus desejos realizados. Com isso, você fortalece o relacionamento, estreitando laços, e reforça a imagem da sua marca.

A melhor forma de fazer marketing é se dedicar a estratégias de comunicação pouco invasivas e que não se parecem com a velha maneira de fazer marketing. Aproveite todos os benefícios das redes sociais no marketing de conteúdo atendendo ao que esses canais se propõem: engajar comunidades por meio do conteúdo!

_

Este artigo foi escrito por Mariana Cabral, Head de Conteúdo da mLabs.
Especialista em Inbound Marketing e SEO, Mariana lidera o time de Conteúdo da mLabs, a Ferramenta de Gerenciamento de Redes Sociais líder no Brasil.

 

Vídeos no Instagram: obtenha resultados com este formato

Vídeos no Instagram: obtenha resultados com este formato

Está aí uma rede social que vimos nascer, crescer e que, hoje, está mais estabelecida do que nunca!

O Instagram tomou conta do ambiente digital e, atualmente, é uma das plataformas mais relevantes da web: já são 1.1 bilhões de usuários mensais, produzindo e consumindo fotos e vídeos no Instagram!

A rede evoluiu tanto que hoje já conta com uma série de ferramentas para marketing e comércio digital – motivo pelo qual se tornou uma grande aliada das empresas para aumentar vendas e gerar mais engajamento com os leads.

Nesta postagem, falaremos sobre o que há de mais relevante no Marketing de Conteúdo nos últimos tempos: o uso de vídeos. Mostraremos para você o valor de investir em vídeos no Instagram e melhorar o desempenho da sua estratégia de Inbound.

Você vai ler sobre:

  • As maiores vantagens de usar vídeos no Instagram;
  • Tipos de vídeos que podem ser usados no Instagram;
  • Como obter resultados com vídeos para Instagram.

O crescimento dos vídeos no Instagram

Hoje em dia os vídeos fazem sucesso no Insta, mas nem sempre foi assim…

Quem já estava pela plataforma em seus primórdios lembra bem que, até 2013, ela suportava apenas fotos. Os vídeos chegaram apenas nesse ano e foram ampliados para a capacidade que conhecemos agora.

No meio desse caminho também foram implementadas as stories, que potencializaram ainda mais a relevância do vídeo na plataforma.

O motivo disso foi a consolidação da tendência do Vídeo Marketing que está dominando o Marketing Digital. O resultado mais expressivo são os 80% de crescimento anual da produção de vídeos no Instagram.

 

As vantagens de utilizar vídeos no Instagram

Primeiramente, vale lembrar que o Instagram é uma rede social focada em conteúdo visual. Seu principal conteúdo sempre foram as imagens – adicionando o audiovisual com o passar do tempo.  

Nesse caso, investir em vídeos no Instagram é uma excelente ideia, pois eles aproveitam ao máximo os recursos da rede. Vídeos são atrativos e vendem muito bem: eles despertam o interesse do lead com mais facilidade, porque são chamativos e fáceis de consumir.

Com o audiovisual, o potencial de expressividade dos conteúdos aumenta. Isso ocorre pois vídeos conseguem transmitir emoções com mais eficiência que imagens. Além de transmitirem muito mais informações em um curto espaço de tempo.

Podemos, ainda, levar em consideração a vantagem da reprodução automática de vídeos na rede. Esse recurso aumenta o número de visualizações e também as chances de um usuário passar pelo vídeo, se interessar e acabar interagindo com a marca.

Sabia que o Instagram tem taxas de engajamento muito superiores a maioria das redes sociais? Segundo a Forrester, ele já alcançou taxas de engajamento por seguidor de até 4,21%. O que é 10x mais que o Facebook e 84% mais do que o Twitter.

São os resultados perfeitos para qualquer estratégia de Vídeo Marketing e você pode alcançá-los utilizando diferentes tipos de conteúdo.

Ficou curioso(a) para saber quais tipos de vídeos no Instagram funcionam bem? Então, preste atenção ao nosso próximo tópico!

Alguns tipos de vídeos para Instagram

Para conseguir estes resultados basta criar conteúdos interessantes, relevantes e bem produzidos. No final de contas, é o acabamento e o toque de profissionalismo dado ao material que trará o diferencial competitivo que sua marca precisa para crescer.

Com o objetivo de criar conteúdos incríveis em mente, aqui vão alguns formatos de vídeo que você pode experimentar:

  • Making of:

Se tem uma coisa que as pessoas gostam de saber é como funciona o universo por trás daquilo que elas conhecem. Sejam filmes, vídeos promocionais e até o dia a dia dos profissionais da empresa onde são consumidores.

As pessoas sentem-se mais próximas e acolhidas quando compartilham de uma parte do “íntimo” de uma organização. Desse modo, elas desenvolvem uma relação mais próxima com a marca e acabam por interagir mais nas redes sociais.

Finalmente, apresentar seus processos internos para o público mostra confiança e autoridade de quem não tem nada para esconder. Ao mesmo tempo que é tão gentil quanto alguém que convida você para conhecer sua casa!

  • Tutoriais:

O que você pode ensinar aos seus leads e clientes? Atualmente, os usuários adoram vídeos tutoriais inspirados no famoso espírito do “faça você mesmo”.

Portanto, identifique os interesses das suas personas e veja quais deles se relacionam com a sua solução. É um bom começo para encontrar temas para tutoriais interessantes que chamem a atenção do lead.

Temos um conteúdo inteiro sobre como fazer vídeos tutoriais incríveis. Clique aqui e leia agora mesmo!

  • Vídeos promocionais:

Vídeos promocionais são os clássicos do Vídeo Marketing. Podem ser simples  – apenas para divulgar e apresentar o produto – ou conter um storytelling interessante para suas personas.

Todos têm espaço em uma estratégia de vídeos no Instagram completa e eficiente. Quanto mais puder agregar, melhor.

Só não esqueça de olhar sempre para os interesses do seu público-alvo para não desenvolver conteúdos irrelevantes, certo?

Como obter resultados com vídeos no Instagram

Agora você já conhece o potencial e os tipos de vídeos que podem ser usados no Instagram. Isso é muito bom, mas ainda não dá conta do recado. É importante prestar atenção em algumas questões para obter resultados de verdade com vídeos no Instagram.

Logo, confira estas quatro dicas para garantir a eficiência dos seus conteúdos:

 

1. Defina objetivos para os vídeos no instagram

Cada peça de conteúdo deve ter sempre um objetivo. Certamente, você já está careca de saber disso em relação ao método Inbound. Pois bem, com vídeos no Instagram não é diferente.

Saiba exatamente o que deseja com cada vídeo.

Podem ser objetivos como:

  • Atrair mais tráfego para o site;
  • Aumentar o alcance da marca;
  • Aumentar o número de seguidores;
  • Apresentar um novo produto.

E outras tantas possibilidades. Isso definirá qual é o tipo de conteúdo mais adequado para garantir que suas metas sejam alcançados.

 

2. Cuide do visual da marca

Se tem uma coisa que tira a credibilidade de uma marca é produzir material que o seu público considere feio. Ainda mais no Instagram, onde o conteúdo visual é o foco!

Em outras palavras, isso quer dizer que você precisa investir em conteúdo atrativo e com design devidamente planejado para suas personas. Mais do que isso: também é positivo e necessário pensar na aparência da própria página:

  • Paletas de cores que combinam próximas;
  • Organizar o feed para que fique interessante;
  • Imagens que se complementam quando vistas no perfil da marca.

O mais interessante para o departamento de Marketing é criar um guia de estilo com todos os parâmetros importantes. Desse modo, é possível garantir que o estilo será respeitado em todas as peças da marca – gerando unidade e organização visual.

 

3. Crie campanhas especiais

Nossa sociedade é cheia de datas comemorativas e ocasiões especiais que mobilizam multidões. Como gerente de Marketing, você deve estar sempre ligado em todos os eventos que possam chamar atenção.

Alguns são previsíveis, como Natal ou Páscoa. Para esses, é sempre muito importante ter algum material planejado desde o desenvolvimento da estratégia de conteúdo. Porém, também existem aqueles acontecimentos espontâneos que ganham notoriedade.

É o caso de memes, hashtags, situações envolvendo figuras famosas e relevantes, notícias… Tudo isso pode virar material de uma campanha especial!

São artifícios que servem para chamar a atenção à sua marca – aproveitando um momento onde todos buscam mais ou menos a mesma coisa.

As chances de obter mais engajamento em uma campanha assim são gigantescas!

 

4. Acompanhe os resultados

Por fim, dentro de uma empresa nada deve ser feito sem comprovação de eficiência. O próprio aplicativo do Instagram já conta com uma série de recursos voltados para isso. Nele, você pode verificar a taxa de engajamento dos leads e identificar padrões de interação que podem ser úteis.

Somente assim você saberá se está no caminho certo e onde vale a pena investir ou não.

Leia este artigo com um passo a passo de como acompanhar as métricas do Marketing de Conteúdo para nunca mais ficar na dúvida sobre seus esforços estarem dando certo.

Está vendo como não é difícil criar uma boa estratégia de vídeos no Instagram? O investimento não precisa ser muito alto e os resultados valem a pena. Basta ter disposição e capacidade técnica para realizar um bom trabalho.

Caso você não disponha disso internamente, não vacile: contrate uma produtora de conteúdo e tenha a garantia de um trabalho profissional que trará eficiência para suas campanhas de Marketing Digital!

Esperamos que tenha gostado do conteúdo. Se gostou, temos algo ainda melhor!

gerar resultados com vídeo

Que tal conhecimento aprofundado sobre Vídeo Marketing e dicas para gerar resultados ainda mais incríveis? Clique aqui e descubra como em nosso ebook sobre o tema! Até a próxima. 🙂

 

O que é um ambiente instagramável e como ele pode gerar conteúdo?

O que é um ambiente instagramável e como ele pode gerar conteúdo?

Você é desses(as) que não perde uma boa oportunidade de postar aquela foto incrível no Instagram? Se não é, certamente tem algum amigo ou amiga que seja.

Afinal, a plataforma segue firme e forte entre as redes sociais favoritas de marcas e usuários. Não é à toa que essa característica gerou uma nova tendência no Marketing: o ambiente instagramável.

O termo tem se revelado uma excelente maneira de engajar os clientes, gerar compartilhamento orgânico e trabalhar o branding da marca.

Neste conteúdo, você lerá sobre:

  • O que é um ambiente instagramável?
  • Marcas que utilizam o ambiente instagramável com sucesso;
  • Como gerar conteúdo a partir do ambiente instagramável.

O que é um ambiente instagramável?

Não é de hoje que muito se fala sobre a criação de experiências com a marca nas estratégias de Marketing. Já está quase superado o Marketing tradicional – voltado para produtos.

O negócio agora é colocar os clientes e leads no centro do processo comercial, criando interações significativas com eles.

O básico de qualquer estratégia é gerar conteúdo relevante e de qualidade para as diferentes mídias. Posts para redes sociais, blogs, vídeos para YouTube… A lista vai longe! Limitada apenas pela sua criatividade e capacidade técnica de executar as ideias mais mirabolantes.

Nesse sentido, pensando em causar impacto em um mundo cada vez mais apegado à imagem e conteúdos visuais, chega a tendência do ambiente instagramável.

O objetivo dessa técnica é criar ambientes, produtos e experiências que valham o clique. Ela apela para o hábito contemporâneo de registrar tudo em imagens e oferece conteúdo visual impactante. Tudo – é claro – sempre muito bem alinhado com os interesses das personas e com próprio branding da empresa.

O ambiente instagramável deve ser visualmente tão instigante a ponto de agregar valor às fotos do lead. Logo, ele irá voluntariamente compartilhar essa imagem em suas redes sociais – geralmente marcando os perfis oficiais da loja.

Utilizar o ambiente instagramável junto de uma campanha com alguma hashtag específica é o ideal para aumentar o alcance da estratégia de Marketing, por exemplo.

Além disso, o ambiente instagramável é uma forma única e criativa de explorar o branding da marca. Afinal, trata-se de uma verdadeira instalação artística de sua marca. Nela, você tem muito espaço para expressar de forma criativa seus valores e toda a identidade que deseja comunicar aos clientes.

Ou seja, você cria um ambiente legal e, então, seus próprios clientes e visitantes passam a gerar conteúdo para você. Não é demais?

Por que o Instagram?

Naturalmente, o interesse nessa rede social não poderia ser diferente. Dê uma olhada no quadro abaixo para entender o impacto do Instagram no Marketing Digital:

  • 1,1 bilhão de pessoas usam o Instagram a cada mês, com uma taxa de interação de 2,2%! (Para você ter uma ideia, o Facebook tem somente 0,22%);
  • 25 milhões das contas ativas são perfis de empresas;
  • 80% dos usuários segue, no mínimo, um perfil comercial;
  • 60% usam o Instagram para conhecer produtos;
  • 75% tomam ações de compra a partir da interação com a rede.

Fonte: https://blog.hootsuite.com/instagram-statistics/

Para você ter uma ideia mais concreta do que é um ambiente instagramável, trouxemos algumas inspirações!

5 exemplos de ambientes instagramáveis que deram certo

Selecionamos exemplos de empresas que optaram por investir em um ambiente instagramável para gerar conteúdo e ganharam os holofotes.

Veja como são ideias incríveis!

1 – Galerias Melissa

Nosso primeiro exemplo são as galerias Melissa, presentes em diversas cidades do mundo – como Nova Iorque, Londres e São Paulo.

O objetivo delas é criar um espaço onde arte, moda e design possam conviver perfeitamente, oferecendo ao público uma verdadeira experiência estética ao conhecer os seus produtos.

As fachadas mudam constantemente, abusa-se do uso de cores e imagens digitais de modo instigante e arrojado. Nas palavras do próprio Mudi Randolph, o artista por trás da galeria Melissa de SP:

“Busco criar experiências imersivas e dinâmicas, nas quais as dimensões e sentidos se confundem. Arte, pesquisa e invenção devem fazer parte do nosso dia a dia, e não se restringir apenas a museus, galerias e laboratórios”.

Para você entender como funcionam esses espaços, abaixo temos o vídeo de uma Youtuber brasileira conhecendo a galera Melissa de Nova Iorque. Olha só:

2 – Lojas Marisa

As lojas Marisa resolveram entrar na onda para o Natal de 2018. Para tanto, criaram uma vitrine instagramável utilizando bolas natalinas gigantes e muito dourado.

Para ter mais eficiência na campanha, as pessoas que tiraram fotos no ambiente instagramável foram convidadas a postá-las em suas redes sociais com a hashtag #brilhounamarisa.

Outra estratégia da marca foi convidar influenciadoras brasileiras para fazerem as primeiras fotos da campanha e cumprirem o desafio do provador – onde teriam que montar looks com a coleção da época.

Abaixo uma foto da vitrine instagramável:

3 – Lojas Hering

As lojas Hering também aproveitaram o clima natalino para criar um ambiente instagramável.

Perceba como é tudo voltado para o consumidor: diferente da Marisa que apelou para um toque mais glamuroso e extravagante, a proposta da Hering foi mais lúdica e familiar.

A marca optou por trabalhar com o globo de neve, do qual todos temos alguma lembrança. Seja pela influência e lembrança dos clássicos filmes de Natal ou pela nostalgia do divertimento ao brincar com um.

Sua campanha de hashtags foi a #experiênciahering, já divulgando um novo modelo de negócios voltado para o consumidor.

Veja um vídeo do resultado da vitrine instagramável da Hering:

4 – Balas Fini:

As balas Fini levaram a tendência ao maior festival de música do Brasil, o Lollapalooza. Quem estava no evento pôde visitar o stand da empresa e ter uma experiência sensorial e instagramável única.

A marca disponibilizou carregadores para celular, um ambiente instagramável, brindes exclusivos e uma inovadora sala de sentidos. Tudo muito bem humorado, como é próprio da Fini: quadros com memes, tatuagens e muitas cores.

5 – Doritos:

A Doritos também aproveitou o Lollapalooza para divulgar sua campanha “Play for the bold” e lançar um novo sabor.

A marca tem investido fortemente no conceito musical, buscando uma imagem de atitude e fuga dos padrões tradicionais. Para a ocasião do festival, eles investiram na criação de um hostel para receber os ganhadores de uma promoção – o que por si só já é bem instagramável, né?!

Mas não pararam por aí: ainda assinaram o palco de música eletrônica (palco Perry by Doritos), montando um stand próximo. Com mais brindes, ambiente instagramável e, é claro, muito doritos pra matar a fome da galera!

Com esses exemplos dá pra ter uma boa noção de como essas ações trazem visibilidade para a empresa e experiências incríveis para o cliente.

Elas servem para aumentar o alcance da marca e chegar até um público que, talvez, não fosse alcançado através dos compartilhamentos massivos nas redes pessoais.

O resto é investir em redes sociais chamativas e interessantes e produzir conteúdo de qualidade para aproveitar a divulgação e engajar novos clientes.

Gostou? Então aprenda também como produzir conteúdos de alta performance e extraia o máximo de outros canais digitais.

Até a próxima!

Como produzir ótimos vídeos para redes sociais

Como produzir ótimos vídeos para redes sociais

O Brasil é o país que mais usa as redes na América Latina. Até 2020, estima-se que alcançaremos cerca de 105,2 milhões de usuários.

Sendo assim, é muita gente, concorda? Nós, profissionais de Marketing, não podemos perder a oportunidade de ocupar este espaço.

Nesse sentido, uma das melhores formas de aproveitar esta oportunidade é utilizar a produção de vídeos para redes sociais a nosso favor.  

Hoje, falaremos sobre como produzir excelentes vídeos para redes sociais. Por ser um dos formatos mais engajadores do Marketing Digital, essa é a estratégia certa para o momento!

Neste conteúdo, você vai ler sobre:

  • Os benefícios do Video Marketing para a sua empresa
  • Táticas para produzir ótimos vídeos para redes sociais
  • Quais os tipos de vídeos para redes sociais existentes

Por que apostar em vídeos para redes sociais?

Vamos por partes! Primeiramente, temos o próprio fenômeno das redes sociais. Já que elas estão profundamente inseridas na rotina das pessoas mundo afora.

Diante da relevância destes canais, muitas empresas utilizam as redes para prospecção, vendas e relacionamento com o cliente.

Acompanhe:

Em segundo lugar, temos a preferência do formato em vídeo pela maioria dos consumidores digitais.

Conforme estatísticas divulgadas pela Hubspot, 68% deles prefere aprender mais sobre um produto através de recursos audiovisuais curtos.

Mas não é difícil imaginar as razões dessa preferência:

  • Esta opção tem consumo fácil, ideal para quem precisa fazer pequenas inserções de conteúdo ao longo de uma rotina agitada;
  • Unindo as informações gráficas e auditivas, os vídeos comunicam grande volume de dados em pouco tempo;
  • Vídeos para redes sociais cativam mais a atenção do lead, pois o formato é ótimo para transmitir ideias e sensações.

Dito isso, você já deve ter entendido a relevância do Vídeo Marketing e os motivos para agregá-lo ao seu planejamento. Preparado para começar a sua produção de vídeos para redes sociais?

Então, mãos à obra! A gente te ensina como fazer.

Clique aqui e aprenda a medir o ROI do Vídeo Marketing para identificar seus resultados!

Os melhores tipos de vídeos para redes sociais

Porém, antes de definir como será a produção dos seus vídeos para redes sociais, é legal saber mais sobre as opções. Vamos falar um pouco delas e em quais redes funcionam melhor:

1- Facebook

O Facebook é uma das plataformas mais importantes para o Marketing Digital. Isso porque a rede social é uma das maiores do mundo e, no Brasil, já ultrapassa 127 milhões de usuários mensais.

O resultado é um consumo intenso de vídeos para redes sociais. Afinal, são executados em toda a ferramenta uma média de 8 bilhões de vídeos por dia.

Os tipos de vídeos para redes sociais mais indicados ao Facebook são:

  • Com ou sem som, pois usuários assistem aos vídeos sem áudio;
  • Rápidos e dinâmicos, os quais fáceis de serem consumidos;
  • Bem-humorados ou que despertem emoções no público-alvo;
  • Teasers e fragmentos de conteúdos publicados em outras plataformas.

Exemplo – Tastemade: os vídeos são ágeis e deixam qualquer um com água na boca!

2- Instagram

O Instagram começou como um aplicativo para fotos. E, atualmente, ganhou relevância por meio de vídeos e stories.

O formato suporta apenas gravações bem curtas, mas de grande aceitação por parte dos usuários. Ao todo, são mais de 800 milhões de acessos mensais!

Com isso, o ideal ao produzir vídeos para o Instagram é:

  • Duração de, no máximo, 1 minuto para aqueles postados no feed;
  • Duração de, no máximo, 10 segundos para aqueles postados nos stories. No caso, também é possível criar “threads”, obedecendo uma sequência;
  • Conteúdos que possam ser executados sem o uso de áudio;
  • Hashtags relevantes para que o material seja encontrado;
  • Thumbnails planejadas para que chame a atenção enquanto carrega.

Exemplo – Tramontina: costuma ter bons vídeos para redes sociais (dinâmicos e simples).

3- Twitter

Quando falamos no páreo das redes sociais mais relevantes na Internet, o Twitter não fica atrás. Afinal a opção tem mais 300 milhões de usuários ativos e um volume diário de 50 milhões de tweets.

O microblog é uma plataforma simples e rápida, de modo que muitos a utilizam para entrar em contato com empresas e celebridades.

De fato, 77% dos usuários do Twitter gostam de acompanhar marcas relevantes e sentem-se mais engajados quando respondidos na rede.

A fim de produzir vídeos para redes sociais com relevância no Twitter, considere:

  • Conteúdos instrutivos e tutoriais, que tirem dúvidas dos clientes;
  • Interação dos leads com o tweet através de replies e hashtags;
  • Acompanhamento dos trending topics e produção de materiais direcionados;
  • Vídeos de uso do produto, depoimentos ou mesmo “desafios” populares.

Exemplo – Natura: cria vídeos curtos e relacionado a temas importantes para as personas, clique no tuíte para ver o vídeo:

Essas dicas são voltadas para algumas das principais redes sociais. Mas ainda há outras.

Em todo caso, faça um estudo do comportamento dos leads para saber exatamente o que deve ser produzido em cada plataforma.

Como produzir excelentes vídeos para redes sociais

Finalmente, vamos às dicas práticas de como produzir vídeos para redes sociais.

Agora que você já sabe o formato mais adequado para a rede desejada, basta aplicar os princípios técnicos mais coerentes:

1- Crie um roteiro

O roteiro é a linha mestra da produção audiovisual.

É um documento que contém todas as informações necessárias para gravação do material: falas; ações, cenários e personagens; dinâmica das cenas; recursos técnicos e humanos; e local onde será feito o vídeo.

Deste modo, ele pode ser compartilhado entre a equipe para que ninguém fique desinformado.

2- Capriche na edição

Algo que pega mal é um conteúdo mal acabado. Aquele vídeo com péssimos efeitos, erros de português, áudio com ruídos… Sendo assim, invista em conhecimento técnico para passar bem longe!

Um vídeo, quando editado, motiva e faz com que o usuário sinta vontade de compartilhá-lo.

Além disso, comunica que trata-se de uma empresa cuidadosa e competente, pois executa com perfeição aquilo a que se propõe.

3- Planeje a publicação

Feito isso, crie um planejamento para a publicação dos materiais. Não é bom lançar todos de uma vez só e nem da mesma maneira em todos os canais.

Estude o comportamento de consumo de suas personas para saber o intervalo e os recursos mais indicados. Além disso, otimize o vídeo para cada uma das plataformas, de acordo com o que vimos no capítulo anterior.

Lembrando de priorizar as gravações mais curtas e objetivas, pensando na facilidade do lead em inserir essa visualização no seu dia a dia.

Pense também em quais hashtags utilizará e aplique SEO tanto no título quanto na descrição.

Esses três passos são fundamentais para colocar em prática a sua estratégia de produção.

Gostou dessas informações e deseja aumentar a dose? Então, baixe o nosso eBook sobre como gerar resultados com Vídeo Marketing para dados mais aprofundados!

gerar resultados com vídeo

Enfim, podemos concluir que a relevância dos vídeos para redes sociais é inquestionável. Como prova máxima disso, está o fato de que 87% das empresas trabalham com o Vídeo Marketing hoje.

Dentre as que já atuavam dessa forma, 99% querem continuar investindo e 88% pretendem aumentar o investimento (estes dados podem ser encontrados na pesquisa citada acima).

Investir na produção de vídeos para redes sociais vale – muito – a pena! Por isso, não faça de qualquer jeito! Se precisar de ajuda, contrate.

Terceirizar a produção do conteúdo é uma forma prática de garantir a qualidade, sem pesar no bolso. Entre em contato para obter ajuda na elaboração de vídeos da sua campanha!

Branded Content: como adaptar a propaganda na era da informação

Branded Content: como adaptar a propaganda na era da informação

Passar o feed das redes sociais é o novo “zapear” da TV. Com esse ato, é possível decidir em questão de poucos segundos os conteúdos que serão consumidos – ou ignorados – pelo usuário. Quando se trata do público jovem, isso fica ainda mais evidente.

A otimização do tempo para interagir somente com o que desperta curiosidade faz da propaganda na era da informação um grande desafio para os profissionais do mercado.

Decorrente desse processo, a pesquisa por hábitos e costumes desse tipo de consumidor se faz mais necessária do que nunca. Isso porque, numa velocidade rápida e constante, as preferências acerca das formas de adquirir conhecimento e lazer estão mudando.

Não há mais espaços para padronização do diálogo! Conforme as transformações no dia a dia dos jovens, o acompanhamento na comunicação deve estar presente.

Uma vez que se estabelece um relacionamento com millennials, é impossível voltar atrás. A geração Z, que nasceu com os avanços tecnológicos, utiliza cada vez mais as mídias digitais como meio de ocupação em pequenos intervalos.

Para conquistar a atenção dos mais novos, a propaganda na era da informação precisa fazer mais do que apenas entender o momento. Deve entregar valor num formato coerente com a realidade.

Como a propaganda na era da informação tem se adaptado?

Para entender como se dá a propaganda na era da informação, é preciso saber que os millennials não são todos iguais. Lidar com este seleto grupo de uma forma “pré-moldada” não garante satisfação, independente do que está sendo abordado. A divisão desse público ocorre porque, apesar das semelhanças globais, os costumes podem variar de acordo com a facilidade de acesso ao conhecimento e com a visão de mundo.

É cada vez mais difícil para quem atua no setor de Marketing acompanhar as transições de comportamento do público jovem. De acordo com as gerações que vão passando, os adventos da tecnologia passam a fazer parte de marcos históricos. Muito, sob a influência de fatores socioculturais.

Você sabia que a compra do primeiro celular pode ser considerada como um dos eventos mais importantes na vida de adolescentes? Segundo a pesquisa, esse momento pode ser equivalente à sensação de se formar ou tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Isso se dá pela independência que o acontecimento proporciona àqueles que estão iniciando suas primeiras conquistas pessoais.

Outro dado que vale à pena estar atento(a) é que mais da metade dos entrevistados usa smartphones para atividades como assistir vídeos (72%), trocar mensagens (52%) e mexer nas redes sociais (51%). Para eles, ter inscritos e seguidores em seus perfis nas páginas de relacionamento são aspectos importantes.

Tendo estes recursos como base, uma marca que está conectada às expectativas do público pode aproximar-se de forma natural do consumidor-alvo.

É identificando os mecanismos com os quais o jovem se engaja que a propaganda na era da informação pode vencer obstáculos e aproximar esforços.

Hoje em dia, os vídeos são responsáveis por converter as melhores taxas de engajamento. Sendo assistidos e assimilados de modo eficaz quando o assunto é a propaganda na era da informação. Um exemplo disso são as alternativas de compartilhamento de vídeos em diferentes mídias sociais. Elas vão desde vlogs no YouTube, stories no Instagram, teasers no Facebook e até mesmo gifs no Twitter.

De que forma implementar o Branded Content?

Sabia que, atualmente, passamos cerca de 39 horas semanais consumindo vídeos? É isso o que aponta uma pesquisa feita pelo Think With Google, em 2016.

Independente do meio, uma vez que os jovens são multitela, esse recurso vem ganhando força. Cerca de 90% dos usuários brasileiros relacionam vídeos ao YouTube. Sendo que 43% utilizam a plataforma como primeira fonte de busca sobre uma solução.

Quando uma empresa passa a trabalhar com o que vem funcionando como atrativo, o caminho para o Branded Content se torna natural e amigável.

Um case de sucesso sobre propaganda na era da informação é a Brahma, que tem um canal sobre música sertaneja para conversar com o seu público.

A marca dialoga com o público simpatizante da música. E, ao mesmo tempo, se destaca ao patrocinar eventos relativos à cultura popular e ao estilo sertanejo. Assim, gerando maior associação do público-alvo com a bebida.

A ação, que acontece via plataforma YouTube, rende entre 75-80% de visualização.

Dessa forma, reapresentar marcas mais antigas para novos públicos é uma estratégia que vem apresentando bons frutos.

O intuito é passar para o usuário uma imagem criativa, que seja capaz de gerar identificação. A partir de interesses em comum, a empresa oferece algo relevante, construindo uma travessia pela qual nutre o indivíduo até o possível consumo.

O fato de não subestimar a audiência deve ser amplamente levado em conta aqui. Qualquer falha no estabelecimento da comunicação pode ser crucial. Alguém pode se interessar pela marca ou solução que apresenta e, no meio da jornada, se deparar com aspectos que desmotivem a compra.

A propaganda na era da informação possui requisitos para que haja uma conversa com qualidade. As promessas feitas pela marca, por exemplo, devem corresponder à audiência em termos de valor. Para isso, é possível trabalhar na intersecção através do conteúdo – também conhecido no Marketing como as etapas do funil.

A propaganda na era da informação na prática

Para as marcas, nunca foi tão necessário ser relevante e construir uma relação sólida com o público jovem.

Isso porque a mídia tem o papel não só de suportar, mas de qualificar a audiência pelo discurso do conteúdo. Assim, a propaganda na era da informação conta com o apoio de materiais que possam educar os mais novos para o momento da compra.

Lembre-se de que a empresa tem o target, mas precisa focar no publisher. Ou seja, aquele que corresponde aos esforços de marketing, encaminhando-se para o momento da venda. A fim de atingir o objetivo final, concretizando o processo, deve ser tomadas medidas como:

  • Construir campanhas em torno do conteúdo, e não o inverso;
  • Ter cuidado com o que é publicado, independente do tempo de decisão;
  • Revisar constantemente a estratégia inclusiva, já que se pode bloquear anúncios.

E você, em que momento vai aplicar Branded Content na estratégia comercial? Saiba como produzir conteúdo para jovens e use a propaganda na era da informação a seu favor!

Como divulgar conteúdo no Instagram

Como divulgar conteúdo no Instagram

Os limites entre o mundo digital e o “mundo real” estão cada vez menores (tanto que este fato já não é mais uma novidade para ninguém!).

Enquanto muitas marcas já usam plataformas para se relacionar com os seus clientes, outras sequer planejam uma estratégia digital. Ou, até mesmo, analisam os seus canais de atuação. E isso é um grande erro para quem quer se posicionar na web.

Isso porque, com usuários cada vez mais difundidos nas redes sociais, as marcas não devem se limitar à canais separados. Cada rede oferece um público e traz possibilidades de acordo com as suas peculiaridades.

Quer um exemplo simples e direto? Só no Brasil, o Instagram conta com mais de 50 milhões de usuários ativos mensais. Trata-se da segunda maior base da rede no mundo!  

Além disso, nosso país também já se inclui entre os maiores produtores de conteúdo para o Stories. Somos um mercado de grande potencial dentro do aplicativo, com usuários dispostos a consumir diversos tipos de informações.

Assim, plataformas como esta podem trazer diversas possibilidades para uma campanha Inbound. Pois representam meios práticos de atração e relacionamento para quem realmente busca divulgar conteúdo nelas.

Qual a importância das redes sociais para o conteúdo Inbound?

Quando falamos em atração, nenhuma abordagem soa tão apropriada quanto aquela feita nas redes sociais.

No ano passado, mais de 180 milhões de pessoas chegaram até algum negócio via Instagram. Além disso, 80% dos usuários do aplicativo seguem algum perfil comercial. Isso demonstra um meio convidativo, porém saturado, para espalhar uma mensagem.

Com isso, maior desafio não está apenas em difundir informações na rede. Mas sim em como fazer isso de forma adequada e convidativa para o seu público.

As breves mensagens da ferramenta Stories são um ótimo exemplo de como é possível criar uma abordagem natural e pouco invasiva. Sendo capaz de conquistar o gosto dos usuários através de uma forma de se comunicar que já lhes é familiar!

Encontre mais pessoas dispostas e ouvir o que você tem a dizer

O segredo do conteúdo Inbound é unificar o seu discurso em torno daquilo que os consumidores têm como interesse e esperam encontrar na internet. Afinal, diferentes plataformas podem ser utilizadas para divulgar esse tipo de conteúdo.

O Instagram é a rede social que mais cresce em número de usuários. Além disso, existem excelentes meios para que um perfil se torne altamente engajado. Basta utilizar suas ferramentas de forma alinhada com o padrão já exercido pelos seus usuários.  

O primeiro passo é angariar seguidores fiéis. Logo, esqueça aquela “estratégia” de seguir centenas de perfis de uma vez só. Quando tratamos sobre relacionamento, qualidade é mais importante do que quantidade!

Em média, uma base considerada ideal no Instagram é de 10% dos seguidores ativos. Se este cenário já é difícil de ser alcançado, imagine conseguir curtidas ou comentários de um público não selecionado.

Portanto, dê prioridade aos usuários que já lhe acompanham em outras redes. Seja com um convite no blog que você está divulgando, na página do Facebook  ou em seu canal do Youtube.

Neste sentido, é essencial vincular-se com outras redes sociais e utilizar o mesmo nome de perfil em cada uma delas, a fim de familiarizar o público.

Além disso, seguir e interagir com outras páginas do seu segmento é ideal para encontrar mais pessoas interessadas em sua marca. Assim como uma divulgação bem segmentada aos seus públicos de interesse.

Como divulgar conteúdo relevante no Instagram

A primeira regra é: jamais abra mão do conteúdo de alta qualidade!

Capriche sempre nas fotos para garantir apelo visual e, principalmente, no teor dos conteúdo. Caso você não tenha muita noção de como redigir conteúdo para web, contrate um profissional da área!

Não mantenha o foco apenas nos seus produtos ou serviços. Pelo contrário! Procure variar o conteúdo com fotos e frases inspiradoras, imagens de bastidores ou até expectativas sobre trabalhos que ainda estão por vir.

Os materiais ricos, que são indispensáveis para lhe identificar como referência em seu segmento, devem ser divulgados no Instagram. Sendo assim, experimente todos os recursos visuais do Instagram para divulgar seu conteúdo e garantir maior alcance.   

A divulgação de blogposts, eBooks e prévias de vídeos e webinares é um ótimo recurso para garantir ainda mais informações de valor para as personas. Mantendo-as, inclusive. interessadas e fiéis aos seus conteúdos. 

Como divulgar conteúdo Inbound no Instagram?

Um bom exemplo da eficiência desta estratégia é uma clínica médica, atendida pela própria Future Marketing. Ela tinha o objetivo de melhorar o posicionamento de seus profissionais como autoridades em suas especialidades.

Para alcançar esta meta, foi criado um plano de engajamento e educação. Isso consistia em utilizar materiais já produzidos para o blog e os posts de social media da empresa diretamente nos Stories do Instagram.

Diariamente, cada médico especialista produzia um vídeo curto de 15 segundos, tratando sobre temas relevantes com linguagem voltada para o público leigo.

Com uma média de 10 vídeos por dia, a clínica conquistou um aumento expressivo de engajamento nas redes socais. E, além disso, um crescimento de mais de 300% no número de seguidores durante o período em que a estratégia se iniciou.

Foram mais de 10 mil impressões em apenas 7 dias. Elas não só garantiram um aumento no número de consultas, mas também trouxeram seguidores comprometidos. Sendo que estes, agora, já enviam as suas próprias sugestões de temas para os médicos abordarem.

Apesar de perecível, o rápido engajamento das histórias é eficiente e humaniza o conteúdo do perfil, estreitando as suas relações com o público.

Além do visual, escolha bem as suas palavras!

Voltando aos posts do Instagram, no caso das legendas, apenas os primeiros 155 caracteres são exibidos no feed de notícias. Por isso, é importante sintetizar o melhor da mensagem neste espaço.

Abuse também das hashtags para que mais pessoas encontrem o que você está postando. Quanto mais palavras relacionadas, melhor! O Instagram aceita até 30 hashtags por post. A melhor parte é que o público conquistado através delas provavelmente estará altamente alinhado com os seus interesses.

As legendas do Instagram não permitem links clicáveis. Por isso, é uma boa opção pedir para que os usuários acessem o seu blog ou site diretamente através da descrição do seu perfil.

A bio ainda deve ser curta e direta, apontando com sinceridade o que o público deverá encontrar na página. Aqui, a regra é demonstrar o seu posicionamento junto com tudo o que você tem a oferecer aos seus seguidores.

O Instagram é uma excelente porta de entrada para o seu relacionamento com o público!

Muitos são os detalhes e as estratégias que permitem um melhor aproveitamento do Instagram para a divulgação do seu conteúdo. Mas é no comportamento do usuário que residem as melhores respostas.

O Inbound Marketing é uma estratégia que traz excelentes resultados. Porém, é preciso aproveitar todas as ferramentas de divulgação disponíveis para impactar ainda mais pessoas. Não subestime o poder de influência dos perfis de Instagram em seus seguidores!

Gostou das nossas dicas sobre como divulgar conteúdo Inbound no Instagram? Saiba mais no blog da Future Marketing e continue acompanhando o conteúdo da Gummy!

*Este conteúdo foi escrito por Filipe Cipolla, Diretor de Operações da Future Marketing

Contato