Por mais duro que seja, ninguém está procurando os seus acertos para premiá-lo(a). Caso você queira algo, deve tomar atitudes e assumir a responsabilidade de fazer-se notável em meio aos demais.

Neste post, ensinaremos como provar o ROI do Inbound Marketing e apresentá-lo para os seus gestores. Conhecendo os indicadores mais importantes e desenvolvendo um método claro, temos a certeza de que o reconhecimento será uma questão de tempo.

Você vai ler sobre:

  • Vantagens de manter o controle sobre as métricas de ROI do Inbound Marketing
  • Quais são os KPIs mais relevantes para a definição de ROI do Inbound Marketing
  • Como elaborar bons relatórios de apresentação para o ROI do Inbound Marketing

 

A importância sobre o ROI do Inbound Marketing

A apresentação de resultados para os gestores de outras áreas da empresa vai muito além da mera prestação de contas. Não trata-se apenas de uma conferência do que foi feito em seu trabalho, mas sim de um momento importante para análise de dados estratégicos.

Entender o Retorno Sobre o Investimento (ROI) de cada ação de marketing é fundamental para definir quais estratégias merecem novas apostas ou devem ser substituídas por outras mais lucrativas.

Contudo, nem sempre apresentar os resultados é tarefa fácil. Apesar de que vários recursos podem ser otimizados com o uso de softwares de automação, é importante compreender o mindset por trás do controle do ROI do Inbound Marketing.

Para isso, vamos começar retornando às origens do planejamento de marketing. Relembre os seus objetivos por trás de cada ação e quais metas foram estabelecidas. Caso não tenha organizado nenhuma, é o momento certo para quantificá-las e planejá-las.

Comece identificando todos os setores envolvidos no funil de vendas e qual o investimento dedicado a cada um deles. É hora de tomar algumas decisões para dividir os recursos totais entre todas as ações necessárias para a jornada de compra.

Uma boa técnica para simplificar o momento é um tipo de engenharia reversa. Baseando-se no número de oportunidades qualificadas que a área comercial propõe-se a entregar, será definido o volume de investimento no início do ciclo.

Juntando esses números, você saberá exatamente quanto foi apostado e qual espera-se que seja o ganho final.

Em seguida, basta aplicar métricas e monitorar o que acontece entre os dois pontos.

A fórmula básica para calcular o ROI do Inbound Marketing é: receita gerada / valor total investido.

O número resultante é o retorno obtido sobre os investimentos iniciais. (ROI).

Apesar de sua extrema relevância, conhecer e apresentar o ROI não é tudo. Existem outros indicadores tão fundamentais quanto, os quais devem ser levados em conta.

Esses indicadores são chamados de Key Performance Indicators (KPIs) e ainda garantem a objetividade por trás do relatório sobre ROI do Inbound Marketing.

Quanto mais assertiva sua análise, mais fácil será provar a efetividade dos esforços de sua equipe. Afinal, contra números não há argumentos. Conquiste a confiança diretoria à solidez dos resultados apresentados.

Os KPIs para controlar ROI do Inbound Marketing

Acompanhar os seguintes indicadores permitirá apostas sábias. No momento em que você souber o quanto tais recursos estão rendendo, será possível obter mais resultados com o menor investimento possível.

Confira os KPIs indicadores devem ser acompanhados:

 

Search Engine Optimization (SEO)

Os indicadores ligados aos mecanismos de busca são relevantes a qualquer estratégia de Marketing de Conteúdo. Nesse caso, mostre números importantes neste aspecto, como:

  • Tráfego orgânico: quantas pessoas vêm até o site por vontade própria (buscando por ele, especificamente);
  • Rankeamento no Google: avalie o posicionamento de seu site e seus conteúdos.
  • Autoridade do domínio: conforme a qualidade do material e dos links relacionados, o Google identifica a autoridade do domínio;
  • Uso das palavras-chave: veja o índice de palavras-chave para ter certeza de que o usuário encontrará os seus materiais. O ideal é manter uma densidade média de, no mínimo, 0,7% da keyword em cada conteúdo.

Neste link, temos um post exclusivo sobre os princípios de SEO que todo profissional deve saber para acompanhá-los. Leia também

 

 

Conteúdo

Estas métricas estão ligadas ao desempenho dos conteúdos em si. Servem para avaliar como estão performando junto às personas e aos mecanismos de busca. São dados como:

  • Número de visitantes no blog: quantos usuários acessaram o blog em determinado período para avaliar o potencial de atração;
  • Tempo médio de permanência em cada página: quanto tempo o usuário permanece em cada conteúdo para analisar qual engaja mais e replicar conhecimento em outras postagens;
  • Origem de busca: como o usuário chegou até o seu site para entender quais canais atraem mais;
  • Taxas de conversão: quantos usuários tornaram-se leads a partir de um conteúdo ou da página do blog, preenchendo a formulários ou até entrando em contato de outras formas (considerando somente as ações via Inbound).

As duas métricas citadas acima podem ser acompanhadas em softwares de automação de Marketing, como o RD Station, e através do próprio Google Analytics.

 

Redes sociais

São KPIs fundamentais ao sucesso de uma estratégia de conteúdo nos dias de hoje. Afinal, quase todo mundo utiliza-as e gasta boa parte do seu tempo nelas. Para mostrar o impacto do Inbound Marketing nas redes sociais, é importante registrar o número de conexões, as taxas de engajamento e interações em postagens, além de compartilhamentos e menções.

Geralmente, as próprias redes oferecem ferramentas para controle de métricas em páginas comerciais. Vale pesquisar especificamente as que você utiliza e aderir ao uso desse recurso.

Esses são alguns números que vão causar impacto e impressionar a chefia ao apresentar o ROI do Inbound Marketing. O último passo é aprender como organizá-los e ter clareza na demonstração dos dados.

 

Os relatórios sobre o ROI de Inbound Marketing

Os relatórios devem ser intuitivos e de fácil compreensão. Infográficos são a melhor pedida: possuem visualidade atrativa, informações de modo sintetizado e permitem comparação de resultados com representação gráfica.

Organize os números das métricas sugeridas acima em gráficos de acordo com cada ação. Novamente, os softwares de automação de marketing vêm a calhar. Eles costumam ter ferramentas próprias para geração de relatórios.

Uma vez com os gráficos em mãos, é importante frisar 3 pontos na hora de apresentá-los:

 

Informar a situação do funil de vendas

Mostre claramente quantos visitantes tornaram-se leads, qual é a porcentagem desses que transformou-se em oportunidades e quais delas foram convertidas em vendas. Desse modo, será mais fácil entender onde estão os gargalos e como resolvê-los.

 

Enfatizar os canais que geram mais leads

Além de ter uma boa noção do todo, é importante entender quais são as suas “galinhas dos ovos de ouro”. Identificar canais que se destacam é fundamental na definição sobre quais devem ser mantidos ou ainda potencializados.

 

Apresentar os resultados das campanhas

Dentro de um mesmo canal, há diferentes ações. Detectar as que possuem maior sucesso permite compreender aquilo que funciona junto às personas e gera inteligência comercial às estratégias futuras.

Compreende agora a importância de provar o ROI do Inbound Marketing para alçar voos ainda maiores? Demonstrar eficiência é o melhor caminho para a chefia o(a) enxergar como aliado(a) e ir longe dentro da empresa.

Temos um conteúdo onde aprofundamos o conhecimento acerca das métricas específicas do Marketing de Conteúdo. Leia agora mesmo para complementar as informações desse post e ter sucesso nessa empreitada. Até mais! 🙂

 

Contato