Departamentos comerciais, varejistas on-line e agências digitais. Ninguém discorda e os estudos comprovam: e-mail marketing é o conteúdo para marketing digital mais importante para sua estratégia. Mesmo com a proliferação de diversas outras mídias, o e-mail-marketing segue como o canal digital mais utilizado por companhias, apontou estudo da Forrester Consulting, realizado entre maio e junho de 2016.

Dentre todas as ferramentas listadas pela pesquisa, o e-mail-marketing aparece em larga vantagem sobre os demais instrumentos que os executivos de marketing afirmam empregar em seus planejamentos. Na verdade, TODOS afirmaram que disparam e-mails desse tipo há pelo menos 1 ano.

Como um bom conteúdo pode fazer o seu e-mail marketing se destacar

Mas se todas as organizações disparam e-mails, como fazer com que o SEU e-mail seja o escolhido pelo destinatário para ser lido? E, mais do que isso, como preparar um conteúdo com relevância suficiente para fazer com que o usuário clique e chegue ao seu e-commerce, seu produto etc?

A História das civilizações é rica em relatos que indicam os perigos do sucesso aparente e da acomodação resiliente. A Roma Antiga é o melhor dos exemplos. Convencidos da efetividade de sua burocracia e superioridade de sua cultura, os romanos reproduziram através dos séculos as mesmas táticas. Sem cessar, sem repensar as estratégias que as embasaram, deixando de lado os equívocos, esquecendo-se das falhas e lançando mão de receituários paliativos para enfrentar fracassos. Acabaram sucumbindo. A queda de Roma, a despeito de controvérsias, é em grande parte determinada pela falta de inventividade de seus governantes. Ao não rever suas estratégias, buscando novas ideias para solucionar os problemas que se avolumavam, os romanos permitiram que seu império ruísse.

Mas voltando ao ponto, por mais positivos que os resultados dos seus emails venham sendo, é sempre importante analisá-lo em relação ao contexto do mercado e antever transformações que podem comprometer a saúde desses indicadores. Em outras palavras, o e-mail pode – e deve- continuar sendo uma parte importante de sua estratégia de marketing digital, mas dada a crescente competitividade pelos usuários, é necessário apostar na diferenciação para seguir exibindo bons resultados. Ou será inevitável que os indicadores acusem o declínio das taxas de abertura, cliques e, consequentemente, conversão.

Para que você, Planner, não cometer o mesmo equívoco dos senadores romanos, sugiro, antes que cada e-mail marketing seja enviado, uma reflexão em 3 etapas “pensando com a cabeça do seu público”:

1) O conteúdo da mensagem desperta meu interesse?

2) Qual retorno para meu negócio/minha vida esta mensagem pode trazer?

3) Parece uma mensagem segura?

Respondidos estes questionamentos, e se as respostam forem convincentes, você está pronto para disparar a mensagem aos destinatários.

Agora, caso essas respostas não surjam facilmente, vale a pena ler a série de dicas a seguir. Tratam-se de tendências para diferenciar-se dos concorrentes que lotarão as caixas de entrada de seus clientes em 2015:

Personalização

Customize os conteúdos do e-mail conforme o perfil/comportamento on-line de cada destinatário

Acionadores

Condicione a entrega do e-mail a uma ação ou comportamento de navegação específico dos destinatários

Conteúdo Dinâmico

Utilize códigos de implantação inteligentes que tornem o conteúdo do e-mail ou as ofertas apresentadas na estrutura, dinâmicas conforme perfil do usuário.

Conteúdo “Open-time”

Utilize códigos de implantação inteligentes que entrega conteúdos diferentes, conforme o período do dia.

Design Responsivo

Crie e-mails que possam ser bem lidos e compreendidos em qualquer dispositivo em que ele eventualmente venha a ser lido.

Transações Dentro do E-mail

A possibilidade de efetuar uma compra dentro do e-mail é uma forte tendência futura. Fique de olho, assim que possível incorpore essa possibilidade, ao facilitar a conversão, livrando seus destinatários de terem que clicar e mudar de ambiente, você poderá ganhar e muito.

E-mails especiais para Mobile

Você interage com seu PC da mesma forma que utiliza o seu smartphone? Me parece que não. Portanto, é hora de pensar em estratégias específicas para leitores mobile.

Segmentação do Público

Estude seus destinatários desde o primeiro momento. Saiba onde eles interagem mais, quais os caminhos percorrem e prepare mensagens que digam, de fato, respeito aos seus anseios e comportamentos.

Vídeos no Corpo do E-mail

Criar códigos que prevejam vídeos ou animações no corpo do e-mail.

Estratégia Multicanal

Prever desdobramentos das campanhas de e-mail marketing a outros canais em que sua loja virtual está presente é muito interessante. Uma estratégia multicanal pode potencializar resultados.

Não, não é em 2017 que veremos o fim do email marketing nas estratégias de conteúdo digital, ou inbound marketing. Ele continuará sendo o principal canal de relacionamento. Justamente, por isso, criatividade é a palavra do ano que vem para melhorar sua estratégia e extrair o máximo de retorno desse canal, uma vez que mais players disputarão o clique qualificado e garantir bons resultados se tornará cada vez mais difícil, mas nem por isso impossível.

Contato