Se existe um fenômeno perceptível com a popularização da Internet, este é a ascensão dos digital influencers e seu impacto sobre o mercado consumidor. E é aqui onde nasce a ideia do Marketing de Influência.

Afinal, eles reúnem multidões de seguidores em seus perfis e têm a confiança deles, que os acompanham diariamente e consomem os conteúdos produzidos.

Hoje com forte adesão, o Marketing de Influência tornou-se um diferencial competitivo para marcas que executam campanhas digitais, inclusive aquelas que já trabalham com marketing de conteúdo.

Juntas, as duas táticas têm se mostrado muito efetiva para construção de awareness e autoridade de marca e até mesmo para aumentar o potencial de alcance de conteúdos.

Quer saber como marketing de conteúdo e marketing de podem influência juntos? Leia este conteúdo até o final e surpreenda-se!

Você vai ler sobre:

  • Qual a importância e de que maneira funciona o Marketing de Influência
  • Afinidades entre ações de Marketing de Influência e Marketing de Conteúdo
  • Métodos para utilizar Marketing de Influência e Marketing de Conteúdo juntos

 

 

Afinal, quanto é preciso investir para uma ação de Marketing de Influência?

Primeiramente, é bom lembrar: o Marketing de Influência existe há um bom tempo – e já foi muito caro. O motivo do alto custo é que, há alguns anos atrás, a técnica era mais focada em personalidades televisivas e da grande mídia.

Hoje, temos uma democratização da voz popular, favorecendo pessoas “comuns” a ganhar visibilidade diante das massas. Para isso, é preciso ter bons equipamentos, ideias criativas e uma dose de magnetismo pessoal, a fim de angariar milhares de admiradores nas redes.

Investir em celebridades da Internet é uma boa forma de obter alcance. Porém, com custos quase sempre menores.

Enquanto um artista consagrado em meios mais tradicionais pode exigir altos cachês para participar de uma campanha, os influenciadores digitais podem, em muitos casos, aceitar produtos e serviços, em troca de artigos ou vídeos divulgando-os e agradecendo à marca que os ofereceu – é a chamada permuta.

O pagamento em dinheiro também é uma opção e varia de acordo com a popularidade do influenciador. Cabe à empresa analisar e escolher qual oferece mais benefícios.

Além de estarem contato com audiências específicas – favorecendo o alcance de nichos –  os influenciadores oferecem a vantagem de abordar os temas de forma natural e descontraída, utilizando a linguagem mais próxima do público que os acompanha.

A naturalidade para lidar com o público é importante, dado que o uso de AdBlockers cresce a cada dia e dificulta ainda mais o trabalho de quem prioriza anúncios pagos. O consumidor está mais resistente a campanhas tradicionais, engajando-se conforme a identificação com os propagadores da marca em questão.

Apenas para exemplificar e deixar claro que não estamos falando de algo irreal, vamos aos números! Pesquisas respeitadas internacionalmente mostram que, a cada 1 dólar investido em Marketing de Influência, há um retorno de U$6,50 para a empresa. Ou seja, aqui há um Retorno Sobre o Investimento (ROI) invejável à qualquer estratégia de crescimento dos negócios.

Portanto, o Marketing de Influência é uma técnica acessível e que traz excelente retorno, justificando rapidamente o investimento feito sobre a estratégia.

 

Como unir as ações de Marketing de Influência e Marketing de Conteúdo?

Se pararmos para pensar, o próprio trabalho dos influenciadores já é baseado em algumas técnicas de Marketing de Influência e Marketing de Conteúdo. Isso porque produzem um conteúdo digital altamente personalizado e voltado para seu público-alvo, divulgando-o em canais de amplo acesso.

O mais comum é a produção de conteúdo audiovisual. Em sua maioria, os vídeos instrutivos e/ou descontraídos arrecadam milhares de reações e inspiram compartilhamentos por quem se identifica. E o mais interessante é a que a grande maioria das pessoas inicia na carreira por conta própria, sem o auxílio de publicitários em um primeiro momento.

É ou não é uma ação de Marketing de Influência e Marketing de Conteúdo muito bem executada? No fundo, o que precisamos é aprender com estes quase colegas de profissão e desenvolver parcerias para um crescimento mútuo. Com este objetivo, podemos:

  • Convidar influenciadores para produzirem guest posts no site da empresa;
  • Produzir conteúdo para o público do influenciador e estabelecer uma parceria, onde ele compartilha o material.

Essa é a idéia por trás da junção destas duas técnicas. Agora, vejamos como implementar isso de uma maneira prática.

Implementando Marketing de Influência dentro da estratégia de conteúdo

Veja algumas ações que podem ser tomadas para adicionar esta técnica ao seu trabalho.

1- Identifique os influenciadores das suas personas

Obviamente, nem todo influenciador é adequado para divulgar o seu produto. Considerando que buscamos a personalização de estratégias de Marketing de Influência e Marketing de Conteúdo, o influenciador precisa ser alguém inspirador e que gere identidade junto ao seu público.

É importante que tenha práticas alinhadas com os valores definidos para a sua marca e não esteja envolvido com comportamentos negativos aos olhos das suas personas. Escolher um influenciador errado pode resultar em boicotes e churn aos negócios. Por isso, estude-os muito bem antes de fechar parcerias.

Sob esse filtro, faça um levantamento dos mais atuantes e registre-os em tabela, contendo nome, contato, canal de comunicação, número de seguidores e estratégias de interação.

 

2- Engaje-se com os influenciadores e seus seguidores

Quanto mais engajado(a) estiver com eles, maior será a percepção do público de que você faz parte daquela comunidade. Consequentemente, eles irá sentir-se convidado a interagir com sua marca e terá acesso aos conteúdos com frequência.

Por isso, comente nas postagens dos influenciadores e interaja com os seguidores deles. Siga-os e tente engajá-los dentro de sua própria estratégia de conteúdo. Afinal, vocês têm interesses em comum! Mostre isso.

 

3- Peça que os influenciadores interajam com seus conteúdos

Quando conseguir boas parcerias com digital influencers, certifique-se de acordar que esta atenção seja uma mão dupla. Assim como você interage e aumenta a relevância dele em suas redes, ele também deve aumentar a sua.

Peça aos influenciadores que comentem, compartilhem e promovam os seus conteúdos. Se possível, que utilizem também seus produtos e soluções em público.

Concluindo, os influenciadores digitais são aliados poderosos que devem ser trazidos para perto no mercado. Sempre considere que, caso ele resolva aliar-se ao seu concorrente, isso pode representar problemas.

Fique esperto(a) e seja ágil! Utilize nossas dicas e implemente o Marketing de Influência agora mesmo em seus negócios.

De todo modo, o elemento mais importante continua sendo um conteúdo de qualidade. Por maior que seja o alcance do influenciador, se o conteúdo não for relevante, de nada adianta.

É uma estratégia eficiente, mas não miraculosa! Por isso, não descuide do seu processo de produção de conteúdos e nem terceirize a responsabilidade de gerar bom engajamento. O Marketing de Influência traz visibilidade para conteúdos incríveis.

Quer mais dicas sobre como produzir conteúdos de qualidade? Leia este post e conheça os nossos métodos para garantir um efeito WOW! :O

Contato