Já pensou em utilizar conteúdo para fidelizar clientes?

Engana-se quem pensa que a venda termina ao assinar o contrato. Um relacionamento saudável e rentável com o cliente vai muito além disso! Por melhor que seja a aceitação da proposta comercial, é na pós-venda que o cliente fideliza-se e torna-se um divulgador da marca.

Atualmente, há várias técnicas e ferramentas disponíveis para aprimorar a comunicação depois de vender. Dentre elas, falaremos especificamente sobre como usar conteúdo para fidelizar clientes.

Nesse post, você irá aprender como inserir informações relevantes na etapa de pós-venda do funil. Para isso, listamos dicas de trabalho com diferentes plataformas: e-mail marketing, ebooks, vídeos e mais.

Portanto, continue a leitura para entender os melhores formatos na utilização de conteúdo para fidelizar clientes. Vamos otimizar juntos seu processo interno?

A importância do conteúdo para fidelizar clientes no Pós-vendas

A prospecção e a atração de clientes demandam investimento em tempo e recursos. Caso você simplesmente descarte alguém que foi fruto de uma longa cadeia de trabalho, estará desperdiçando todos os esforços aplicados até aqui.

Além disso, dados revelam que você possui 14x mais chances de vender para um cliente satisfeito do que ao prospectar um novo. Mas, os benefícios não param por aí: o mercado conversa – principalmente, na era da informação.

Nesse sentido, tanto a boa quanto a má fama serão compartilhadas e, assim, terão efeitos reais sobre os seus negócios. Saiba que 77% dos clientes satisfeitos costumam indicar o serviço para amigos e, consequentemente, atrair novas oportunidades de venda.

Claramente, tais aspectos estão relacionados com a experiência que o lead tem ao longo de seu Lifetime Value (LTV) dentro da empresa. A melhor forma de torná-la positiva é fazer com que o cliente sinta-se especial e em boas mãos.

Inicia-se, aqui, a estratégia de conteúdo para fidelizar clientes! Afinal, enviar conteúdos exclusivos e de qualidade fazem agrega autoridade ao nome da marca. Muitas vezes, um diferencial simples como divulgar informações em primeira mão aos clientes antigos pode gerar impactos à favor do relacionamento.

Estas são ações que precisam ser estudadas pelo departamento de Marketing e colocadas em prática na medida certa para atingir as personas definidas. Quer sugestões para engajar mais na pós-venda? Na próxima sessão, separamos algumas:

Como trabalhar com conteúdo para fidelizar clientes

Vamos àquilo que realmente importa: como isso tudo se aplica no dia a dia do departamento de Marketing, a fim de gerar ainda mais contratos.

Dentre os recursos que podem ser utilizados, opte por:

E-mail marketing

A comunicação via de e-mail é uma realidade. Ela permite enviar uma grande diversidade de tipos de conteúdo para fidelizar clientes, além de respeitar o tempo do consumidor. No momento em que é liberado o acesso à informação, o Marketing é menos invasivo do que estratégias de cold call.

Na Pós-Vendas, ele pode ser usado de formas distintas:

  • Agradecimento pela compra: Educação nunca é demais. A partir disso, seja cortês e demonstre gratidão ao cliente por ter sido escolhido seu produto e/ou serviço, dentre tantas opções disponíveis no mercado. Essa pequena ação sensibiliza e empodera o cliente, deixando-o mais receptivo para interações futuras.
  • Feedback: Através do e-mail, também é possível criar um canal de feedback para o cliente. Promova pesquisas de opinião e avaliações de serviço. Desse modo, você coleta informações relevantes sobre as personas e identifica pontos fortes ou fracos do processo comercial.
  • Comunicação personalizada: Envio de mensagens/ofertas personalizadas via e-mail também é uma forma de conteúdo para fidelizar clientes. Pode parecer pequeno, mas pesquisas revelam que recados desse tipo possuem 2,5x mais alcance do que as demais. Fora isso, também podem ser eficientes para reativar clientes antigos e lembrá-los de que você é uma boa opção a ser considerada.

Outra dica valiosa é investir em templates simples, bonitos e livres de poluição visual para os e-mails institucionais. Hoje em dia, um bom design é fundamental para performar bem! Alie-se a profissionais d=o mundo digital para ter os melhores resultados.

 

Conteúdo direcionado (e-books, vídeos, webinars etc)

Mais do que personalizar uma mensagem em relação a datas e informações pessoais do seu cliente, você precisa desenvolver algo capaz de atingi-lo em cheio! Uma estratégia de conteúdo para fidelizar clientes precisa ser muito assertiva e deve utilizar da inteligência comercial para tal.

Assim, o primeiro passo é identificar as preferências do seu público-alvo. Pergunte-se:

  • Quais conteúdos são mais acessados?
  • Existem temas em comum entre eles?
  • Quanto tempo, em média, um visitante passa no meu site?

Utilize plataformas de Web Analytics para identificar todas estes dados e gerar relatórios dinâmicos e objetivos. Como o Google Analytics.

Em posse desses aspectos, será mais fácil montar uma estratégia a partir do conteúdo para fidelizar clientes. Baseando-se nestes dados, você irá identificar quais mídias valem o investimento. Dentre os modelos mais populares, estão os e-books, vídeos e webinars.

Os e-books são excelentes, pois transmitem conhecimento rico e de ponta aos possíveis consumidores da marca. Em negócios B2B, as empresas buscam aprimorar-se para crescer cada vez mais. Isso significa que quem lê um conteúdo hoje, certamente estará interessado em mais qualidade amanhã.

Já no caso dos vídeos, menos é mais. A informação deve ser potencial e impactante, porém sucinta. Vídeos mais curtos costumam performam melhor nas plataformas digitais. Por ser uma mídia “moderna”, eles podem ter um toque de humor e leveza para ganhar o visitante em qualquer circunstância.

E, como terceiro exemplo, trouxemos os webinars. Eles são quase uma junção das duas modalidades acima. Afinal, permitem abordar temas de modo mais aprofundado (como um e- book) e utilizam dos recursos de vídeo em seminários online. O grande diferencial é que esse tipo de conteúdo permite interação direta com o lead/cliente.

Contudo, é importante ter em mente que o webinar acontece ao vivo. Portanto, é preciso um trabalho intenso e estratégico de divulgação do evento virtual com antecedência. Ao menos 3 semanas é uma boa margem para destinar a data via e-mail e outros canais escolhidos.

Em síntese, para produzir conteúdos de qualidade em pós-venda, você precisa:

  1. Fazer um levantamento de temas e ideias relevantes;
  2. Definir como será o material e recolher dados de qualidade para referência;
  3. Estabelecer como e quando o conteúdo será produzido;
  4. Produzir um bom briefing contendo toda a informação que será necessária;
  5. Encaminhá-lo para produção textual e/ou de imagem;
  6. Revisá-lo com atenção aos pequenos detalhes;
  7. Diagramá-lo ou editá-lo para que fique mais dinâmico;
  8. Criar uma identidade visual atraente – tanto para o próprio material, quanto para sua divulgação;
  9. Encaminhá-lo aos clientes via e-mail, conforme as áreas de interesse.

Depois, basta monitorar os resultados e replicar os acertos em novos processos.

Gostou destas dicas? Com o uso de inteligência comercial e muita criatividade, você será capaz de gerar um incrível conteúdo para fidelizar clientes.

Apenas tome cuidado para não aplicar a estratégia pela metade, pois qualquer erro pode ser fatal no engajamento de clientes. Nesse caso, não tenha receio ao buscar o auxílio de profissionais experientes que absorvam parte da demanda para desafogar o departamento de Marketing.

A terceirização da produção de conteúdo e peças de design gráfico é comum e pode trazer excelentes resultados. Conte conosco para qualquer necessidade. Volte sempre! 🙂

Contato