Você já deve ter percebido que, de uns tempos pra cá, têm se falado muito mais em vídeo marketing. Hoje, precisamente, falaremos sobre um aspecto específico desta tendência tão vantajosa que se mostrou quase unanimidade entre empresas que utilizam marketing digital. Abordaremos o ROI do vídeo marketing.

No último ano, houve um crescimento de 6% no número de adeptos. Conforme a pesquisa da Hubspot, crescemos de 81% para 87% no total de empresas que utilizam vídeo.

Neste post, vamos desmistificar algumas questões ao redor dos custos de produção de vídeo e o retorno oferecido por esse formato de conteúdo na estratégia Inbound.

Você vai ler sobre:

  • Motivos pelos quais o ROI do Video Marketing é seguro e vantajoso
  • Como calcular custos de produção de vídeos para obter resultados
  • Por que o Vídeo Marketing é uma das tendências que mais cresce

 

Precisamos falar sobre ROI do Vídeo Marketing

O Vídeo Marketing não para de crescer. A versatilidade e as facilidades oferecidas por esse tipo de conteúdo o transformaram no verdadeiro queridinho da Internet.

Dica: Se você está com dificuldades de entender o que é vídeo marketing, clique aqui e confira este post antes de continuar esta leitura.

Dito isso, vamos ao ROI.

Podemos dizer que os custos da produção de vídeo se justificam rapidamente diante do Retorno Sobre o Investimento (ROI).

Para te dar uma ideia, a mesma pesquisa da Hubspot que citamos anteriormente mostra que o uso de Vídeo Marketing em estratégias Inbound pode gerar um aumento de 78% no ROI. Tudo isso como resultado de apenas um ano de uso de vídeos como ferramenta.

A longo prazo – assim como acontece no próprio do Inbound -, é possível considerar resultados ainda melhores, afinal, assim como artigos, quanto mais tempo de vigência, mais refinada é a estratégia,  a qualidade e a assertividade dos vídeos produzidos.

Além disso, o uso de vídeos como ferramenta de marketing serve a diferentes objetivos, como geração de leads e conversões em venda – provando que pode facilmente ser usado para gerar novos negócios.

Em suma, a versatilidade e o grande potencial de resultados são os principais benefícios do Vídeo Marketing.

Quanto custa? Considerando o excelente ROI, os custos são bem menores do que pode parecer num primeiro momento.

Entenda, a seguir!

 

Os principais benefícios do Vídeo Marketing

Antes de falar em custos, vamos falar de coisa boa!

Os benefícios de ações de Vídeo Marketing são importantes demais para ficar ofuscados. Por isso, decidimos criar uma pequena lista para explicar cada um deles. Confira:

 

1- Baixo custo de produção x ROI do Vídeo Marketing

Muitos gestores têm a impressão errada de que, para produzir este tipo de conteúdo, é preciso desembolsar uma fortuna.

Há alguns anos, até poderia ser. Mas hoje, já é possível fazer um bom trabalho contando com baixos custos de produção de vídeo.

Em partes, isso acontece devido à acessibilidade dos equipamentos nos últimos anos.

Hoje qualquer pessoa é capaz de produzir conteúdo em vídeo, em boa parte graças à popularização dos smartphones.

Muitos celulares possuem câmeras de excelente qualidade e de fácil utilização, o que faz com que, basicamente, qualquer pessoa que possua um smartphone, possa produzir vídeos.

É claro que, em sua estratégia de marketing, o ideal é dar um passo além e usar recursos profissionais, sobretudo para criação de formatos mais complexos, como vídeos animados, por exemplo.

Garantindo a qualidade do material, é muito mais fácil otimizar o ROI do Vídeo Marketing.

Em seguida, vamos falar sobre resultados possíveis com Vídeo Marketing.

Mas já adiantando para você continuar a leitura: embedar vídeos em uma página aumenta as taxas de conversão em 80%

Dá pra ter uma boa ideia de como os benefícios incidem sobre o ROI do Vídeo Marketing, não é mesmo?

 

2- Popularidade na Internet e capacidade de engajamento

Pela praticidade do consumo – em modo especial, através de dispositivos móveis – os vídeos tornaram-se os favoritos dentre os usuários.

Afinal, quem não aproveita o seu tempo livre para assistir a um vídeo nas redes sociais?

O fato é que adultos gastam, em média, 105 minutos por dia assistindo a vídeos.

Uma pesquisa recente realizada pelo eMarketer mostra que o tempo gasto por um adulto assistindo vídeos na internet diariamente aumenta a cada ano, tendo passado de 1:23 minutos em 2014 para  1:54 minutos em 2019.

Detalhe: os números não consideram vídeos vistos em redes sociais, ou chegaríamos em número ainda mais elevados.

Com o Vídeo Marketing, você pode condensar grandes volumes de informação, utilizando textos e recursos audiovisuais para comunicar melhor.

E por falar em engajamento, isso é o que o video marketing tem de sobra: o uso de vídeos resulta em uma taxa impressionante de 1200% mais compartilhamentos do que outros formatos.

 

3- Prioridade no rankeamento por mecanismos de busca

Com o avanço dos algoritmos em mecanismos de busca, os vídeos são privilegiados. Para se adaptar ao novo comportamento dos usuários na internet, a ferramenta reconhece sites com vídeos como sendo de maior qualidade. Na prática, isso significa que estes conteúdos aparecem destacados nas primeiras páginas de busca. Veja:

roi do vídeo marketing

Logo abaixo dos anúncios pagos e das sugestões do Google, estão os vídeos.

Confirmando este comportamento, a WordStream divulgou que, quando estão presentes na página, eles podem melhorar o seu posicionamento em 157%.

Estas são vantagens que garantem um investimento bem sucedido.

Veja, nos próximos tópicos, como medir ROI do Video Marketing para certificar-se de que a sua estratégia está no caminho certo.

Os KPIs para avaliar o ROI do Vídeo Marketing

O acompanhamento das métricas deve ser parte do trabalho do gestor de Marketing. Logo, ao produzir vídeos, não se esqueça de monitorar os resultados obtidos.

Diante da versatilidade desse formato, é importante frisar que KPIs dependem dos objetivos iniciais de cada um. Por isso, antes de calcular qualquer coisa, tenha em mente que seu vídeo se insere em uma estratégia clara e que serve a objetivos pré-definidos.

Feito isso, estude os KPIs possíveis para metrificar seu sucesso. Alguns deles, são:

 

Brand Awareness e nutrição de leads

Se o foco é despertar sentimentos e influenciar a percepção do lead sobre a marca, o ROI do Video Marketing deve ser medido por:

  • Feedback: teor dos comentários e das reações do público nas redes;
  • Engajamento: número total de interações com a postagem, tais como likes, número de inscritos e compartilhamentos;
  • Número de visualizações e Click Through Rate (CTR): quantidade sobre a busca e o consumo do vídeo pelas personas.

 

Aumento de vendas e receita

Agora, se a sua meta é vender com a divulgação do material em vídeo, os Key Performance Indicators (KPIs) mais adequados são:

  • Taxa de conversão: quantos leads acessaram à canais de compra através do vídeo;
  • Faturamento: valor dos custos da receita total arrecadada;
  • Cálculo do ROI: aplicação da fórmula para encontrar o valor.

Afinal, como calcular o ROI do Video Marketing?

Para não ter mais dúvidas de que a ação entrega o retorno prometido, nada melhor do que verificar você mesmo. Portanto, é necessário que você saiba como calcular o ROI do Vídeo Marketing da sua empresa.

A fórmula é a seguinte: ROI = (Receita obtida – Investimento total) / Investimento total

Neste cálculo para o ROI do Vídeo Marketing, a receita obtida é a soma de todo o valor arrecadado com a estratégia. Mas fique atento(a): utilize os KPIs certos para não misturar os dados. Aqui, devem entrar somente os números obtidos dos resultados das campanhas, avaliando quantas pessoas foram impactadas e engajadas.

Já o investimento total é soma de todos os gastos com a produção de vídeos. Isto vai desde a fase de pré-produção até a conclusão do projeto. É importante contabilizar tudo: custos fixos (água, luz etc), com materiais para produção de roteiro e planejamento, equipamentos e assim por diante. Quanto mais detalhada for essa lista, mais assertivo será o cálculo.

Calculando o ROI da produção de vídeos na prática

Veja um exemplo para facilitar:

Investimento total: R$ 6.500

  • Gravação (locação + equipamentos): R$1.000
  • Roteirista: R$ 500
  • Animador: R$1.500
  • Divulgação e Vídeo Marketing: R$2.200
  • Edição: R$1.000
  • Outros custos (luz, material de escritório, etc): R$300

Receita obtida: R$ 19.500

ROI = (19.500 – 6.500) / 6.500 = 2 ou 200%

Mantendo isso sobre controle, você atinge um crescimento saudável, seguro e planejado. Comece com produções menores e avalie o que funciona melhor. Com o passar do tempo, saberá no que investir para ter resultados mais vantajosos.

Compare todos esses dados com os números anteriores ao uso de Vídeo Marketing para ter um panorama claro da mudança gerada após a sua implementação.

Percebe como o formato impacta positivamente sua estratégia? O investimento é mais do que vantajoso: é necessário para manter-se competitivo na era digital. Por isso, criamos um conteúdo aprofundado, reunindo toda a informação de que precisa para aderir à tendência.

Clique aqui e leia um guia incrível sobre a produção de vídeos para Marketing Digital!

Além disso, criamos um setor totalmente voltado à produção de vídeos WOW!, como todos os nossos conteúdos. Caso precise de ajuda, nós temos a solução! Entre em contato 😉

 

Contato