Dentre as práticas mais atualizadas para um bom desempenho em SEO, está o Cluster de Conteúdo. Tal estratégia inovadora é capaz de aumentar a relevância do seu site perante o Google. De quebra, o domínio pode se tornar autoridade em determinado tema graças ao conteúdo detalhado e ao modo como é organizado em níveis e blocos, facilitando a leitura e a experiência do usuário.

Com as últimas mudanças nos algoritmos desta plataforma, trabalhar a partir de uma base estruturada em tópicos tem-se mostrado mais eficiente do que apenas com keywords. E é justamente por esse motivo que o Cluster de Conteúdo tornou-se tão popular!

Está curioso(a) para saber como funciona essa nova técnica em SEO? Nesta postagem, ensinaremos a você o básico para agregar esta prática em seu planejamento de Marketing de Conteúdo e brilhar aos olhos do visitante.

Você vai ler sobre:

  • O que é Cluster de Conteúdo e de que forma é possível utilizá-lo
  • Como criar uma estratégia dinâmica de implementação da técnica
  • Dicas de aplicação em 4 passos para otimizar a performance no Google

Acompanhe os próximos tópicos e boa leitura!

O que é Cluster de Conteúdo e como utilizá-lo?

O Cluster de Conteúdo é uma tática de Marketing Digital baseada na construção de diversos materiais, a partir de um tópico em comum. Assim como o próprio termo em inglês, “cluster” significa grupo ou aglomerado.

Metaforicamente, podemos dizer que o Cluster de Conteúdo funciona como uma espécie de teia. Os recursos, sejam eles visuais e/ou textuais, ligam-se uns aos outros conforme a derivação do assunto, com o objetivo de aprimorar as ferramentas de SEO.

No entanto, esta estratégia atua melhor do que as práticas mais tradicionais. Antigamente, a ordem era trabalhar sobre palavras-chave e buscar o máximo possível de backlinks para ser notado pelo Google.

Na contramão destes métodos, a plataforma verificou um novo perfil de comportamento entre os usuários. Dessa forma, aprimorou sua tecnologia, reciclando algoritmos para ser mais assertivo nas respostas e entender aquilo que o internauta realmente quer.

Ou seja, tornou-se capaz de reconhecer o contexto no qual as palavras estão inseridas, além de buscá-las isoladamente.

Por consequência, é necessário mudar de recursos para a conquista das posições mais altas no buscador. O intuito é acompanhar um eixo temático e também desenvolver conteúdos que se retroalimentam. Isto fará com que o SEO reconheça seu material como confiável.

Aprenda, agora, como pôr este conhecimento em prática e fazer as pazes com o Google.

Colocando em prática a nova técnica em SEO

Vamos começar ilustrando um exemplo concreto. Digamos que você queria produzir conteúdos sobre música erudita a partir de uma visão contemporânea. Ao invés de simplesmente ir direto ao assunto, você irá derivá-lo em possíveis temas secundários que relacionam-se a este. Como:

  • Os benefícios de escutar música erudita todos os dias;
  • A música erudita te deixa mais inteligente: entenda o porquê;
  • Conheça as obras de música erudita mais aclamadas.

Criados todos estes materiais, a próxima etapa consiste em linká-los uns aos outros para gerar uma rede de informações sobre o tema. Um modo de fazer isso, conforme o exemplo utilizado, seria direcionar para o post “A música erudita te deixa mais inteligente: entenda o porquê” dentro de um link building sobre inteligência em “Os benefícios de escutar música erudita todos os dias”.

Por último – e não menos importante -, escolha uma página à qual dar mais relevância e torne-a um conteúdo fundamental. Ou seja, todas as outras devem possuir links para esta e vice-versa. Finalizando com o exemplo da música erudita, o conteúdo fundamental poderia ser “O melhor da música erudita contemporânea que você precisa conhecer”.

A Hubspot sintetizou este conhecimento em um gráfico de fácil compreensão. Observe:

cluster de contendo pela hubspot

Fonte: https://research.hubspot.com/charts/topic-clusters

 

 

 

 

 

A seguir, vamos sintetizar em 5 passos a implementação da técnica nos seus negócios.

4 passos para aplicar Cluster de Conteúdo

 

1- Faça uma boa pesquisa de palavras-chave

Identifique quais são as palavras relacionadas ao produto e/ou serviço. Uma vez que você conhece suas personas e sabe o que precisa divulgar, pesquise em ferramentas adequadas quais são os termos mais buscados dentro desse nicho.

Dentre as opções disponíveis, o Google Trends é uma excelente alternativa.

 

2- Selecione o tema do Cluster de Conteúdo

A partir do item anterior, basta ver qual grande temática abrange melhor as palavras-chave selecionadas. O mais importante é escolher algo que gere um bom número de conteúdos a seu respeito.

 

3- Produza os conteúdos necessários

Com o tema e as palavras-chave alvejadas em mãos, é hora de pôr a mão na massa. Para isso, estabeleça uma ordem de prioridade aos diferentes artigos. O mais relevante será o conteúdo fundamental – ele deve ser mais extenso e aprofundado.

Por conseguinte, os demais devem ser produzidos a fim de que remetam a este. Lembre-se sempre de utilizar as palavras-chave no título para otimizar o SEO.

Vale ressaltar que o desenvolvimento de um Cluster de Conteúdo não limita-se apenas a blogposts. Outros formatos de mídia também podem ser incluídos para somar à importância do seu site.

 

4- Linke os materiais entre si

Além de gerar tráfego interno, os links ajudam o Google a entender sobre o que trata-se cada conteúdo. O segredo é escolher bem os textos âncora que serão utilizados. Ou seja, aquela parte que fica sublinhada em azul, contendo um link para outra página.

Dito isso, é essencial que o texto esteja relacionado ao conteúdo e possua boa notoriedade. Quanto melhor a pontuação, mais alto o rankeamento do material nas buscas.

Com essas práticas, você consegue obter o melhor da estratégia Inbound Marketing. Afinal, o tráfego é o caminho para engajar novos usuários e convertê-los em oportunidades reais.

Na Gummy, temos experiência e profissionais qualificados para desenvolvermos juntos uma estratégia de Marketing de Conteúdo assertiva. Entre em contato para ter uma experiência WOW! :O

Contato